Brasil é campeão com direito a show na Argentina

Brasil é campeão com direito a show na Argentina

Brasil derrota hermanos na final por 3 a 0, com gols de Júlio Baptista, Ayala (contra) e Daniel Alves. Dunga era o técnico

Brasil x Argentina - Copa América 2007

Brasil x Argentina - Copa América 2007

Créditos: Sergio Pinto / CBF

Odir de Souza e Maicon

Odir de Souza e Maicon

Créditos: Sergio Pinto / CBF

Brasil x Argentina - Copa América 2007

Brasil x Argentina - Copa América 2007

Créditos: Sergio Pinto / CBF

Brasil x Argentina - Copa América 2007

Brasil x Argentina - Copa América 2007

Créditos: Sergio Pinto / CBF

Brasil x Argentina - Copa América 2007

Brasil x Argentina - Copa América 2007

Créditos: Sergio Pinto / CBF

Brasil x Argentina - Copa América 2007

Brasil x Argentina - Copa América 2007

Créditos: Sergio Pinto / CBF

Brasil x Argentina - Copa América 2007

Brasil x Argentina - Copa América 2007

Créditos: Sergio Pinto / CBF

Brasil x Argentina - Copa América 2007

Brasil x Argentina - Copa América 2007

Créditos: Sergio Pinto / CBF

Brasil x Argentina - Copa América 2007

Brasil x Argentina - Copa América 2007

Créditos: Sergio Pinto / CBF

A Copa América de 2007 foi disputada na Venezuela, e o Brasil fez parte do Grupo C, com México, Chile e Equador. A estreia foi frustrante, em uma derrota de 2 a 0 para o México, que provaria durante a competição ter um time muito bem armado, que chegou a golear o Paraguai por 6 a 0, e ficou em terceiro lugar.

No segundo jogo, o Brasil se reabilitou e venceu o Chile, com autoridade, por 3 a 0 - Robinho, que seria o artilheiro da Copa América com seis gols, marcou três nos chilenos.

Na terceira partida, o Brasil venceu o Equador por 1 a 0, gol de Robinho, e se classificou para as quartas de final.

O adversário foi novamente o Chile, e a Seleção Brasileira não perdoou: com uma atuação impecável, goleou por 6 a 1 - gols de Robinho (2), Juan, Júlio Baptista, Josué e Vágner Love.

Nas semifinais, o adversário foi um rival tradicional: o Uruguai. O jogo, como esperado, foi duro e muito disputado. O Brasil ficou duas vezes à frente do placar, com Maicon e Júlio Baptista, mas Forlan e Loco Abreu igualaram para os uruguaios.

A decisão foi para a cobrança de pênaltis, e o Brasil levou a melhor por 5 a 4.  Maicon foi o herói deste jogo: praticamente vetado, devido a uma forte luxação no ombro, o lateral fez tratamento intensivo com o fisioterapeuta Odir de Souza e não só jogou como marcou um gol e foi um dos melhores em campo.

Coube ao Brasil a Argentina, que eliminara o forte time do México, como adversária na final.

No dia 15 de julho de 2007, em Maracaibo, Brasil e Argentina se enfrentaram na grande decisão da Copa América de 2007. Teoricamente, os argentinos entraram em campo como favoritos, com um time com jogadores como Verón, Tevez, Messi e Riquelme.

Mas a Seleção Brasileira, com uma atuação espetacular, não deu chance aos hermanos. Num lançamento espetacular de Elano, Júlio Baptista aproveitou para marcar um golaço, com um chute, forte, bem colocado, indefensável.

Em cruzamento de Maicon, Ayala tentou interceptar e marcou contra. Fim de primeiro tempo; Brasil 2 a 0.

Elano, que vinha jogando muito bem, se contundiu, e Dunga fez uma substituição ousada: pôs Daniel Alves no se lugar. Dani entrou a mil em campo, correndo muito e ocupando os espaços e foi premiado com o gol que fechou a conta, depois de um passe muito bem dado por Vagner Love.

Brasil 3 a 0, campeão pela sexta vez da Copa América. Festa brasileira em Maracaibo.

 

PATROCINADORES

Seleção Brasileira NikeItaúVIVOGuaraná AntárticaMastercardGOLGrupo CIMEDSEMP TCLFIATUltrafarmaEnglish LiveTechnogymStatsports3 Corações