Brasil faz 7 no Chile em 17 de setembro de 1959

Brasil faz 7 no Chile em 17 de setembro de 1959

Em jogo válido pela Taça o"Higgins. no Maracanã, Pelé (três), Quarentinha (dois), Dorval e Dino Sani marcaram os gols do Brasil

O ataque responsável pela goleada de 7 a 0 no Chile: Dorval, Dino Sani, Quarentinha, Pelé e Zagallo

O ataque responsável pela goleada de 7 a 0 no Chile: Dorval, Dino Sani, Quarentinha, Pelé e Zagallo

Créditos: Gerência de Memória

Em 1959, Brasil conquistou a Taça Bernardo o"Higgins, com duas vitórias sobre o Chile: 7 a 0, no Maracanã, no dia 17 de setembro, e 1 a 0, no Pacaembu, no dia 20 de setembro.

Pelé (três), Quarentinha (dois), Dorval e Dino Sani  marcaram os gols do Brasil em um Maracanã com 60 mil torcedores, em um dia de semana.   

17/09/1959 (16.00)

BRASIL 7:0 CHILE 

Competição: Taça Bernardo O’Higgins.

Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (Brasil). Público: 60.000 espectadores.

Árbitro: Alberto da Gama Malcher (Brasil). Assistentes: Eunápio Gouveia de Queirós (Brasil), Frederico Lopes (Brasil).

Gols: Pelé, aos 3; Dorval, aos 6; Pelé, aos 14; Pelé (cabeça), aos 28; Quarentinha, aos 73; Quarentinha, aos 82; Dino Sani, aos 83.

BRASIL: Gilmar, Djalma Santos, Bellini, Orlando (Formiga, aos 63) e Coronel; Zito e Dino Sani; Dorval (Calazans, aos 87), Quarentinha, Pelé e Zagallo (Canhoteiro, aos 71). Treinador: Vicente Ítalo Feola.

CHILE: Fernández, Yori, Gonzalo Carrasco (Luco, aos 25), Raul Sánchez e Navarro (Eyzaguirre, aos 46); Tobar e Rodríguez; Moreno, Juan Soto, Leonel Sánchez (Mario Soto, aos 85) e Bello. Treinador: Fernando Riera Bauzá.

 

PATROCINADORES

Seleção Brasileira