Nesta terça-feira completa 60 anos do primeiro gol de Pelé em Copas

Nesta terça-feira completa 60 anos do primeiro gol de Pelé em Copas

Brasil venceu País de Gales no dia 19 de junho de 1958, na Copa do Mundo da Suécia com gol de Pelé, classificando a Seleção para a semifinal

Pelé: Brasil x País de Gales, Copa do Mundo de 1958

Créditos: Divulgação

No dia 19 de junho de 1958, a Seleção Brasileira venceu o País de Gales, por 1 a 0, em partida válida pelas Quartas de Final da Copa do Mundo daquele ano, realizada na Suécia. O confronto entre as duas seleções ocorreu no Nya Ullevi Stadion, em Göteborg, com um público total de 25.923 pessoas. Na Semifinal, a Seleção enfrentou a França, em 24 de junho; e no dia 29, o Brasil conquistava o mundo pela primeira vez em cima dos donos da casa. 

Contudo, não se trata somente da conquista do primeiro Mundial canarinho, mas sim da partida em que Edson Arantes do Nascimento fez o primeiro de seus doze gols em Copa do Mundo. Há 60 anos, o menino de 17 anos, que foi dúvida na convocação, recebeu a bola na entrada da pequena área de costas para seu marcador , aos 28 minutos do segundo tempo. O atacante dominou no peito e puxou para si, cortando o defensor e abrindo espaço para que marcasse seu primeiro gol com a Amarelinha em Copas. Com o gol, o Brasil venceu o País de Gales por 1 a 0 e se classificou para a Semifinal da competição.

Nessa Copa, Pelé foi chamado pelos franceses de "Rei do Futebol", dando início a uma verdadeira lenda internacional, tornando-se uma das personalidades mais conhecidas do mundo durante o Século XX.

 

19/06/1958

BRASIL 1:0 GALES (0:0)

Local: Nya Ullevi Stadion, Göteborg. Público: 25.923.

Árbitro: Friedrich Seipelt (Áustria). Assistentes: Albert Dusch (Alemanha), Maurice Guigue (França).

Gol: Pelé, aos 73.

BRASIL: Gilmar; De Sordi, Bellini, Orlando e Nílton Santos; Zito e Didi; Garrincha, Mazzola, Pelé e Zagallo. Treinador: Vicente Ítalo Feola.

GALES: Kelsey; Williams, Hopkins e Sullivan; Mel Charles e Bowen; Medwin, Ron Hewitt, Webster, Ivor Allchurch e Cliff Jones. Treinador: James Patrick Murphy.

PATROCINADORES

Seleção Brasileira