Sávio e Matheus Nascimento dividem artilharia do Sul-Americano Sub-15

Sávio e Matheus Nascimento dividem artilharia do Sul-Americano Sub-15

Jogadores de Atlético Mineiro e Botafogo somam oitos gols na competição. Brasil tem o ataque mais positivo, com 13 gols marcados

Brasil se classifica antecipadamente para as semifinais após vitória sobre o Peru por 3 a 0 Brasil se classifica antecipadamente para as semifinais após vitória sobre o Peru por 3 a 0
Créditos: @APFOficial

O ataque da Seleção Brasileira é o mais positivo do Sul-Americano Sub-15 2019. Com quatro jogos disputados, o Brasil já marcou 13 gols e sofreu apenas um. Com os dois gols marcados na vitória sobre o Peru nesta sexta-feira (29), o camisa 7 Sávio chegou a marca de quatro gols e se igualou na artilharia da competição com Matheus Nascimento. O 9 do Brasil também deixou sua marca ontem, abrindo o placar no início do primeiro tempo. 

O Brasil é um time muito ofensivo. Em todas as partidas até agora na competição, o time treinado por Paulo Victor Gomes deu muito trabalho para os adversários, com um volume de jogo muito grande e muitas situações de gol criadas. A equipe trabalha bem a bola pelos dois lados do campo e mostra um jogo sempre propositivo, de posse de bola e efetividade. 

Os dois primeiros gols do Brasil contra o Peru são um exemplo desse equilíbrio na criação. No gol de Matheus Nascimento, que abriu o placar, a jogada se construiu pelo lado esquerdo com Ângelo, do Santos. Já o segundo saiu pelo lado direito numa arrancada de Sávio. O jogador do Atlético Mineiro saiu driblando e carregando a defesa peruana até finalizar certeiro. 

Brasil se classifica antecipadamente para as semifinais após vitória sobre o Peru por 3 a 0 Matheus Nascimento, do Botafogo, tem quatro gols no Sul-Americano
Créditos: @APFOficial

–  Sou um jogador técnico, gosto de ir para dentro, no um contra um, tabelar em velocidade e dar assistências – descreve Sávio sobre seu estilo.

No último gol, Sávio recebeu o passe de Ângelo. O camisa 11 tem se destacado pelas assistências e construção de jogadas pelo lado esquerdo do ataque. Segundo o camisa 7, o entrosamento entre os dois pontas da Seleção está cada vez maior.

– Nos conhecemos esse ano, mas a gente conversa muito. Sempre nos falamos na hora do aquecimento, nos treinos. Tenho que agradecer a ele por mais uma assistência. 

A lista de artilheiros do Brasil na competição fecha com Robinho, três gols, e Andrey, dois gols. 

PATROCINADORES

Seleção Brasileira Nike Itaú VIVO Guaraná Antártica Mastercard GOL CIMED Semp TCL FIAT 3 Corações Techno GYM STAT Sports