Zagalo: recordista de jogos no comando da Seleção

Zagalo: recordista de jogos no comando da Seleção

Zagalo é o treinador que mais comandou a Seleção Brasileira. Foram 131 jogos, 97 vitórias, 25 empates e apenas nove derrotas

Zagallosentado Pais Irmão

Zagallosentado Pais Irmão

Botafogo

Botafogo

Botafogo Santos

Botafogo Santos

Cópia de Rio SaoPaulo62

Cópia de Rio SaoPaulo62

Cópia de TimeCampeaoCarioca62.tif

Cópia de TimeCampeaoCarioca62.tif

Zagallo58

Zagallo58

Zagallo62

Zagallo62

Zagallo 4anos

Zagallo 4anos

Zagallo 6meses

Zagallo 6meses

Zagallo 10anos1Comunhao

Zagallo 10anos1Comunhao

Zagallo 13

Zagallo 13

Zagallo América

Zagallo América

zagallo

zagallo

Créditos: Divulgação

zagallo treina

zagallo treina

Créditos: Divulgação

zagallo-treinador-da-selecao-brasileira-na-copa-de-1974

zagallo-treinador-da-selecao-brasileira-na-copa-de-1974

Créditos: Divulgação

zagallo treina

zagallo treina

De todos os treinadores que já trabalharam com a Seleção Brasileira, Zagalo é o que mais atuou no comando da equipe. O Velho Lobo disputou 131 partidas como técnico, conquistou 97 vitórias, 25 empates e apenas nove derrotas.

A estreia de Zagalo como treinador foi em 19 de setembro 1967, quando derrotou o Chile por 1 a 0, com gol de Roberto Miranda. A primeira etapa como técnico da Seleção Brasileira foi de 67 a 68. Depois, Zagalo voltou ao comando da Amarelinha de 70 a 74. A última fase como treinador foi de 94 a 98.

A história de Zagalo com a Seleção Brasileira é antiga. Ele vestiu a camisa verde e amarela pela primeira vez no dia 4 de maio de 1958, quando o Brasil derrotou o Paraguai por 5 a 1. Em sua estreia como jogador, marcou dois gols - Dida, Vavá e Pelé fizeram os outros gols brasileiros. Pela Seleção, como jogador, atuou até 1964, quando venceu Portugal por 4 a 1. Como ponta-esquerda do Brasil, foram 36 partidas, 29 vitórias, quatro empates, três derrotas e seis gols.

Além de treinador e jogador, Zagalo foi coordenador técnico da Seleção Brasileira, de 1991 a 1994 e de 2003 a 2006, as duas etapas quando Carlos Alberto Parreira estava no comando do time. Nesta função, disputou 96 jogos, com 53 vitórias, 32 empates e 11 derrotas.

A lista de títulos conquistados com a amarelinha é grande, desde quando começou na Seleção como jogador, treinador, até coordenador técnico. Zagalo é tetracampeão mundial, em 1958 e 1962, como jogador, em 1970, como treinador, e em 1994, como coordenador técnico. Além de quatro Copas do Mundo, o craque tem a Taça Bernardo O’Higgins (1959, 1961); Taça do Atlântico (1960); Copa Roca (1963); Taça Oswaldo Cruz (1958, 1961, 1962; Copa do Mundo (1970); Copa Roca (1971); Taça Independência (1972); Copa Stanley Rous/Umbro (1995); Pré-Olímpico (1996); Copa América (1997); Copa das Confederações da FIFA (1997).

 

ZAGALO

Mário Jorge Lobo Zagalo.

Data de Nascimento: 09.08.1931, Maceió (AL).

NÚMEROS COMO JOGADOR:

Seleção Principal: 36 jogos, 29 vitórias, 4 empates, 3 derrotas, 6 gols.

Copa do Mundo Disputadas: 1958, 1962.

Primeiro jogo: 04.05.1958 BRASIL 5:1 PARAGUAI  

Último Jogo: 07.06.1964 BRASIL 4:1 PORTUGAL

Títulos: Copa do Mundo (1958, 1962); Taça Bernardo O’Higgins (1959, 1961); Taça do Atlântico (1960); Copa Roca (1963); Taça Oswaldo Cruz (1958, 1961, 1962).

NÚMEROS COMO TREINADOR

Estreia: 19.09.1967 BRASIL 1:0 CHILE

Último jogo: 12.07.1998 BRASIL 0:3 FRANÇA

PELA SELEÇÃO PRINCIPAL:

131 jogos: (1967; 1968; 1970 – 1974; 1994 - 1998) - 97 vitórias, 25 empates e 9 derrotas.

PELA SELEÇÃO OLÍMPICA: 23 jogos: (1996) - 17 vitórias, 3 empates e 3 derrotas.

NÚMEROS COORDENADOR-TÉCNICO:

96 jogos: (1991 – 1994; 2003 - 2006) - 53 vitórias, 32 empates e 11 derrotas.

Títulos como treinador:

Copa do Mundo (1970); Copa Roca (1971); Taça Independência (1972); Copa Stanley Rous/Umbro (1995); Pré-Olímpico (1996); Copa América (1997); Copa das Confederações da FIFA (1997).


FONTE: Gerência de Memória e Acervo da CBF

PATROCINADORES

Seleção Brasileira