Seleção Brasileira: Tite confirma time e vê Brasil x Equador como 'desafio'

Seleção Brasileira: Tite confirma time e vê Brasil x Equador como 'desafio'

Seleção Brasileira faz, nesta sexta-feira, seu primeiro jogo em quase sete meses; técnico projetou o duelo em entrevista coletiva

Treino da Seleção Brasileira no Beira-rio. Tite Treino da Seleção Brasileira no Beira-rio. Tite
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

Foi em novembro de 2020 que a Seleção Brasileira jogou pela última vez. Quase sete meses depois, o Brasil volta a campo nesta sexta-feira (4), contra o Equador, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA Catar 2022, em um jogo tratado como um grande desafio pelo técnico Tite.

Em entrevista coletiva na véspera da partida, o treinador destacou o esforço realizado para fazer com que a equipe, que tem 100% de aproveitamento nas Eliminatórias, mantenha seu ritmo de jogo e evolua após tanto tempo longe dos gramados.

"É um desafio nosso, depois de sete meses, reunir peças, dar a elas o devido treinamento, a quantificação de carga. Manter um padrão de desempenho individual e coletivo para que a gente possa ter um resultado de vitória como reflexo, como consequência de jogar bem. Esse vai ser o desfaio de uma equipe equilibrada, como tem sido nesse tempo todo. É uma equipe criativa, mas que também tem que ser solida. Criação, gol. Solidez defensiva, resultado. É o que a gente busca", comentou.

Nos últimos dias, Tite projetou a equipe que entrará em campo contra o Equador no Beira-Rio. Perguntado durante a entrevista, o treinador confirmou os 11 iniciais da Seleção: Alisson; Danilo, Éder Militão, Marquinhos e Alex Sandro; Casemiro, Fred e Lucas Paquetá; Richarlison, Gabriel Barbosa e Neymar.

A equipe terá apenas três titulares remanescentes (Danilo, Marquinhos e Richarlison) da última partida da Seleção, a vitória por 2 a 0 sobre o Uruguai. Ao falar sobre as mudanças, Tite avaliou algumas das novidades do time para este jogo.

"A gente consegue ajustar Fred, do (Manchester) United, que faz sua função para dar sua criatividade maior. Gabriel Barbosa porque está com ritmo e qualidade técnica, de cabeça boa, em grande momento no Flamengo. Militão, da mesma forma. Apesar de ele jogar às vezes com três zagueiros, mas ele jogou bastante com Varane, Sergio Ramos, Nacho (no Real Madrid), ele tem domínio da linha de quatro. Alex Sandro em ritmo com Danilo. Temos que harmonizar. Claro que a equipe não vai manter padrão nos 90 minutos", ponderou.

Quando perguntado sobre as características específicas do Equador, Tite passou a palavra ao auxiliar técnico César Sampaio, que estava ao seu lado durante a entrevista. Sampaio destacou que os equatorianos gostam de travar uma disputa franca e que este embate deve resultar em um jogo muito agradável de se ver para os torcedores.

"É uma equipe muito alegre, tenho expectativa de grande jogo. Uma equipe que tem na sua mobilidade, transições, o ponto forte. Vai fazer com que tenhamos o equilíbrio para sustentá-los e que tenhamos que furar o bloqueio defensivo do Equador. O trabalho que a gente vem fazendo até aqui me traz motivação e segurança de que poderemos proporcionar para a população brasileira e os admiradores de um futebol alegre, um jogo equilibrado, e jogo de desenvoltura que vem agradar a quem estiver acompanhando", analisou César Sampaio.

O Brasil enfrenta o Equador nesta sexta-feira (4), às 21h30, no Beira-Rio, em Porto Alegre (RS). A partida terá transmissão ao vivo para todo o país pela Rede Globo de Televisão e pelo Sportv.

PATROCINADORES

Seleção Brasileira Nike Guaraná Antártica VIVO ITAÚ Mastercard GOL CIMED SEMP TCL FIAT Pague Menos BitCi 3 Corações Techno Gym Stat Sports Kin Analytics Globus