Sylvinho observará in loco Real Madrid x Barcelona

Sylvinho observará in loco Real Madrid x Barcelona

Roteiro de oito jogos do auxiliar da Seleção Brasileira abrange partidas em Portugal, Itália, França e Espanha

Sylvinho - Comissão Técnica Seleção Masculina

Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

Continuando as observações e monitoramento de atletas, Sylvinho, auxiliar-técnico da Seleção Brasileira, estará nesta quarta-feira (06) em Barcelona para acompanhar in loco a primeira semifinal da Copa do Rei entre Barcelona e Real Madrid.

O clássico espanhol é um de uma série de oito jogos programados para a análise de Sylvinho. As observações do auxiliar tiveram início no dia 26 de janeiro com a final da Taça da Liga entre Porto e Sporting.

Três dias depois, no dia 29 de janeiro, Sylvinho esteve presente na partida entre Milan e Napoli. Nos dias 02 e 03 de fevereiro outros dois jogos de equipes italianas: Juventus x Parma e Roma x Milan.

Após o clássico espanhol desta quarta-feira (06), as observações continuam em outros três jogos:

Dia 09/02 - PSG x Bordeaux;
Dia 10/02 - Milan x Cagliari;
Dia 12/02 - Roma x Porto.

Para Sylvinho, uma vez que o tempo da comissão técnica com o atleta restringe-se apenas aos períodos de convocação, as observações tornam-se fundamentais.

- Nosso processo é a distância. Por isso somos muito criteriosos numa observação. Além de estarmos presencialmente nos estádios, ou em treinamentos, seguimos com análises em vídeos e assistindo aos jogos pela televisão. Tudo isso para formar um conceito do jogador. E esse conceito não pode ser fechado com apenas um jogo ou apenas um clássico. Precisamos relativizar e assistir mais jogos e em diferentes níveis técnicos e de excelência.

Sylvinho também comentou a importância de observação de três partidas do Milan, sobretudo a adaptação do meia Lucas Paquetá na Europa.

- É um atleta de importante monitoramento e que tem respondido bem a esse estágio de adaptação. O Milan é um grande clube, bem organizado pelo Gattuso e possui movimentos táticos parecidos com o da Seleção. Essas primeiras avaliações do Paquetá na Europa são muito positivas e sem dúvidas é um jogador com muita margem de crescimento.

Além dos jogos monitorados por Sylvinho e da agenda já cumprida por Tite, Edu Gaspar, Cleber Xavier e Fernando Lázaro, o auxiliar tecnológico Matheus Bachi e o preparador físico Fábio Mahseredjian preparam outra janela de observações na Europa para a segunda quinzena de fevereiro.

PATROCINADORES

Seleção Brasileira NikeItaúVIVOGuaraná AntárticaMastercardGOLGrupo CIMEDSEMP TCLFIATUltrafarmaEnglish LiveTechnogymStatsports3 Corações