Seleção Brasileira volta ao Hard Rock Stadium e aprova estrutura

Seleção Brasileira volta ao Hard Rock Stadium e aprova estrutura

Zagueiro Marquinhos elogiou o gramado e as instalações do estádio. Partida contra a Colômbia será às 20h30 (21h30 de Brasília) desta sexta-feira (6)

Treino da Seleção Brasileira masculina no Hard Rock Stadium. Éder Militão

Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

A Seleção Brasileira voltou ao Hard Rock Stadium nesta quinta-feira (5). Em 2014, o Brasil também enfrentou a Colômbia, adversária desta sexta-feira (6), no mesmo palco. No treinamento desta tarde, Tite armou o time para o amistoso com o seu tradicional treino invisível, quando 11 jogadores se movimentam sem outra equipe do outro lado.

A atividade teve exatamente uma hora de duração, como de costume em treinamentos de reconhecimento de gramado. Além do invisível, também chamado de fantasma ou 11 contra zero, os jogadores ainda trabalharam as bolas paradas.

O zagueiro Marquinhos, que esteve em campo na partida de 2014, quando substituiu o David Luiz aos 80 minutos de jogo, elogiou a estrutura da arena e também o gramado do Hard Rock Stadium.

- Está em ótimas condições para um grande espetáculo. Foi importante esse treino para sentir como está o gramado e a impressão foi excelente - comentou o jogador.

Treino da Seleção Brasileira masculina no Hard Rock Stadium. Richarlison e Marquinhos Treino da Seleção Brasileira masculina no Hard Rock Stadium. Richarlison e Marquinhos
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

Ciente das dificuldades que irá enfrentar diante da Colômbia, Marquinhos fez questão de relembrar os duelos das Eliminatórias da Copa do Mundo 2018, o mesmo que Tite havia feito mais cedo durante entrevista coletiva. Foram dois confrontos: 2 a 1 para o Brasil em Manaus, e 1 a 1 em Barranquilla.

- Colômbia é um time muito aguerrido. Sempre que enfrentamos eles passamos por dificuldades, como foi nas Eliminatórias. Temos de entrar fortes e concentrados para fazer um bom jogo - finalizou.

 

PATROCINADORES

Seleção Brasileira