Após virada contra a Colômbia, Renan Lodi cita aprendizado na Seleção Brasileira: 'Todos são titulares'

Após virada contra a Colômbia, Renan Lodi cita aprendizado na Seleção Brasileira: 'Todos são titulares'

Lateral entrou durante o segundo tempo e deu passe açucarado para o gol de Roberto Firmino, que deu início à vitória por 2 a 1

Brasil x Colômbia pela terceira rodada da Copa América 2021. Renan Lodi. Brasil x Colômbia pela terceira rodada da Copa América 2021. Renan Lodi.
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

Foi nos pés de Renan Lodi que começou a virada da Seleção Brasileira contra a Colômbia nesta quarta-feira (23). O lateral-esquerdo deu uma assistência primorosa para o gol de Roberto Firmino, que abriu a vitória por 2 a 1 pela quarta rodada da CONMEBOL Copa América 2021.

Acionado durante o segundo tempo por Tite, o lateral destacou uma "lição" que tem aprendido nesse período com a Seleção: no grupo, não existem titulares e reservas, todos são capazes de decidir partidas.

"Aqui não temos 11 titulares, todos são titulares. Quando a gente tem a oportunidade de iniciar ou entrar no decorrer da partida, temos que aproveitar o máximo possível. Não são só 11, são todos", frisou o lateral.

Apesar de ser um defensor de origem, Renan Lodi costuma ser utilizado como uma grande opção ofensiva da Seleção Brasileira. Pela esquerda, ele consegue dar amplitude para "abrir o campo" do adversário em muitos jogos complicados. Foi um pouco disso que Tite pediu a ele, antes mesmo de Lodi entrar em campo na vitória sobre a Colômbia.

"Desde quando eu estava no banco, o professor já vinha falando comigo, para caso entrasse no jogo dar amplitude, se a bola chegasse na lateral, já fazer a área. O jogo estava muito difícil", lembrou Lodi.

Com o triunfo sobre a Colômbia, o Brasil garantiu a primeira posição no grupo B da CONMEBOL Copa América 2021. A Seleção Brasileira agora volta à Granja Comary, em Teresópolis, onde se concentra para a disputa da última rodada da fase de grupos. No próximo domingo (27), o Brasil enfrenta o Equador no Estádio Olímpico, em Goiânia (GO).

PATROCINADORES

Seleção Brasileira Nike Guaraná Antártica VIVO ITAÚ Mastercard GOL CIMED SEMP TCL FIAT Pague Menos BitCi 3 Corações Techno Gym Stat Sports Kin Analytics Globus