Marquinhos retorna a palco de conquista com a Seleção Sub-17 em 2011

Marquinhos retorna a palco de conquista com a Seleção Sub-17 em 2011

Capitão da Seleção Brasileira no Sul-Americano da categoria, zagueiro levantou taça continental no Estádio Rodrigo Paz Delgado, que recebe Equador x Brasil nesta quinta-feira (27)

Treino da Seleção Brasileira no Estádio da LDU em Quito. Marquinhos Treino da Seleção Brasileira no Estádio da LDU em Quito. Marquinhos
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

Brasil e Equador se enfrentam nesta quinta-feira (27) no Estádio Rodrigo Paz Delgado, em Quito, que traz ótimas recordações para o zagueiro Marquinhos. Hoje na equipe principal, ele conquistou o Sul-Americano Sub-17 justamente neste estádio, em 2011.

De volta a um lugar onde foi muito feliz, Marquinhos falou sobre a sensação de reencontrar o estádio e as lembranças que ele traz.

"Estou feliz de estar revivendo esse lugar, que foi muito bom. É uma memória muito boa para mim. Lembrar de quando você é moleque, não sabe o que que vai ser ainda, como vai ser a sua vida... Hoje estar concretizando tudo na Seleção Principal, depois de mais de dez anos. É uma felicidade enorme estar aqui de volta", disse Marquinhos, em entrevista ao site da CBF.

 

"É um campeonato que eu levo comigo com muito carinho e orgulho"

 

Desde muito cedo, Marquinhos sempre mostrou muito espírito de liderança, além do talento. Por isso, foi capitão em várias das equipes formadas nas categorias de base da Seleção Brasileira. Foi o caso naquele Sul-Americano Sub-17.

O Brasil não começou tão bem. Após vitórias suadas diante de Venezuela e Chile, a Seleção chegou a perder para o Paraguai. Mas uma goleada contra a Colômbia colocou o Brasil na primeira posição do grupo e engrenou o time para a sequência do torneio. No hexagonal final, a Seleção somou quatro vitórias em cinco jogos, incluindo o triunfo por 3 a 2 sobre a Argentina na última partida da competição, que decidiu o título.

"Foi uma das minhas primeiras convocações para as seleções de base, a segunda. A gente começou o campeonato meio aos trancos e barrancos, com a fase de grupo meio difícil. O time cresceu na competição, chegamos bem na final contra a Argentina. Conseguimos vencer e vencer bem", lembrou o zagueiro, antes de falar com carinho sobre a conquista:

"É um campeonato que eu levo comigo com muito carinho e orgulho de ter conquistado".

Campanha do Brasil no Sul-Americano Sub-17 de 2011


Fase de Grupos

Brasil 4 x 3 Venezuela

Brasil 2 x 1 Chile

Brasil 1 x 2 Paraguai

Brasil 5 x 1 Colômbia

Hexagonal Final

Brasil 0 x 0 Uruguai

Brasil 1 x 0 Colômbia

Brasil 3 x 1 Equador

Brasil 3 x 1 Paraguai

Brasil 3 x 2 Argentina

PATROCINADORES

Seleção Brasileira