Marcos: um paredão no gol do Brasil

Marcos: um paredão no gol do Brasil

Foi uma ascensão rápida. Em 99, Marcos se tornou o goleiro titular do Palmeiras após sete anos na reserva, conquistou a Taça Libertadores da América pelo clube, foi eleito o melhor jogador da competição e chegou ao gol da Seleção Brasileira. Em 2002, foi o titular da conquista da Copa do Mundo no Japão e na Coreia do Sul.

Muito querido no meio do futebol, Marcos foi essencial para a Seleção conquistar o pentacampeonato. Fez defesas espetaculares e fechou o gol brasileiro. Não à toa foi o único jogador que o técnico Luis Felipe Scolari não substituiu uma vez durante a campanha vitoriosa.

Ídolo da torcida do Palmeiras, único clube por onde jogou, Marcos ganhou a alcunha de "São" por conta de suas defesas impressionantes. Na final da Copa do Mundo, ele deu uma demonstração de que, no mínimo, tinha estrela. Num chute de fora da área, quando a partida ainda estava em 0 a 0, defendeu com a pontinha dos dedos e ainda contou com a ajuda da trave. Um lance que poderia mudar a história da partida.

Recentemente, Marcos se aposentou do futebol. Após 20 anos de carreira, ele decidiu que tinha chegado o momento de parar, já que o corpo não aguentava mais como antes, e foi homenageado num amistoso entre Palmeiras e Ajax, da Holanda, disputado no dia 14 de janeiro de 2012.

Nome: Marcos Roberto Silveira dos Reis

Nascimento: 04.08.1973, Oriente (SP)

Posição: Goleiro

Pela Seleção Brasileira: 29 jogos, 19 vitórias, 3 empates, 7 derrotas.

Copa do Mundo: 7 jogos , 7 vitórias.

Títulos: Copa do Mundo/2002

Jogos:

1 - 13.11.1999 - 0 x 0 ESPANHA

2 - 01.07.2001 - 0 x 1 URUGUAI

3 - 12.07.2001 - 0 x 1 MÉXICO

4 - 15.07.2001 - 2 x 0 PERU

5 - 18.07.2001 - 3 x 1 PARAGUAI

6 - 23.07.2001 - 0 x 2 HONDURAS

7 - 09.08.2001 - 5 x 0 PANAMÁ

8 - 15.08.2001 - 2 x 0 PARAGUAI

9  - 05.09.2001 - 1 x 2 ARGENTINA

10 - 06.10.2001 - 2 x 0 CHILE

11 - 07.11.2001 - 1 x 3 BOLÍVIA

12 - 14.11.2001 - 3 x 0 VENEZUELA

13  - 07.03.2002 - 6 x 1 ISLÂNDIA

14  - 27.03.2002 - 1 x 0 IUGOSLÁVIA

15  - 17.04.2002 - 1 x 1 PORTUGAL

16 - 18.05.2002 - 3 x 1 Sel. Catalunha

17 - 25.05.2002 - 4 x 0 MALÁSIA

18 - 03.06.2002 - 2 x 1 TURQUIA

19 - 08.06.2002 - 4 x 0 CHINA

20 - 13.06.2002 - 5 x 2 COSTA RICA

21 - 17.06.2002 - 2 x 0 BÉLGICA

22 - 21.06.2002 - 2 x 1 INGLATERRA

23 - 26.06.2002 - 1 x 0 TURQUIA

24 - 30.06.2002 - 2 x 0 ALEMANHA

25 - 21.08.2002 - 0 x 1 PARAGUAI

26 - 29.03.2003 - 1 x 2 PORTUGAL

27 - 25.05.2004 - 5 x 2 Sel. Catalunha

28 - 27.04.2005 - 3 x 0 GUATEMALA

29 - 22.06.2005 - 2 x 2 JAPÃO

PATROCINADORES

Seleção Brasileira