Luiz Adriano é o maior artilheiro da história do Shakhtar Donetsk

Luiz Adriano é o maior artilheiro da história do Shakhtar Donetsk

Com 120 gols, centroavante tem no técnico romeno Mircea Lucescu o maior fã e grande incentivador para chegar à Seleção Brasileira

Luiz Adriano Luiz Adriano
Créditos: Rafael Ribeiro / CBF

O gaúcho de Porto Alegre Luiz Adriano teve um começo de carreira semelhante a tantos jovens brasileiros que tentam ser jogador de futebol. Começou na escolinha do Sesc, passou às divisões de base do Internacional, onde dividiu durante muito tempo o protagonismo com Alexandre Pato - eles formavam a dupla de frente do time colorado.

Com Alexandre Pato, foi campeão sul-americano Sub-20 pela Seleção Brasileira. Os dois dividiam e ao mesmo tempo complementavam o estilo de jogo.

- Jogávamos nos movimentando muito, ninguém ficava parado na frente. Deu muito certo.

Em 2007, a vida de Luiz Adriano mudou radicalmente. Do Internacional transferiu-se para o Shakhtar Donetsk, na Ucrânia. Foi lá, a despeito de todos os problemas que passou e está passando, que encontrou a felicidade e o rumo certo para a sua carreira.

O técnico romeno Mircea Lucescu, há 10 anos no Shakhtar, é fã do futebol e de jogadores brasileiros - o clube tem 13 brasucas no elenco. Encantou-se especialmente pelo futebol de Luiz Adriano, enxergou no centroavante o potencial para ser artilheiro, a ponto de modificar a sua maneira de jogar, de se colocar em campo.

- Hoje jogo mais à frente, como referência, mas tenho liberdade também de me movimentar para procurar as jogadas pelo lado.

Mircea Lucescu gosta tanto do futebol brasileiro que aprendeu a falar Português corretamente. É dessa maneira que se comunica com a comunidade de jogadores brasileiros do clube que, de tão unidos, moram no mesmo condomínio.

Mais do que admirador, Mircea se transformou em um grande incentivador.

- Ele sempre me dizia. "Pelos jogadores que ando vendo por aí, você tem todas as condições de ser convocado para a Seleção Brasileira".

Não só falava, como cansava de dar entrevistas sobre o assunto. 

Convocado pela primeira vez para a Seleção Principal, relacionado por Dunga para os amistosos contra Turquia e Áustria, Luiz Adriano vê aos 27 anos o futuro se apresentar à sua frente.

- O meu futuro agora é a Seleção Brasileira. Vou aproveitar ao máximo todas as oportunidades que tiver para continuar a ser chamado. 

Feliz pela convocação, Luiz Adriano reconhece que ainda não se acostumou de verdade à ideia de que faz parte da Seleção.

- A felicidade é tanta que à vezes fico perguntando se é verdade. A ficha não caiu. 

 

 

PATROCINADORES

Seleção Brasileira nike guarana antarctica vivo itau mastercard voe gol bitci free fire kwai grupo cimed fiat pague menos semp tcl cafe 3 corações techno gym stats ports kin analytics globus brasil