50 anos do Tri: 70 matérias sobre a Seleção Brasileira na Copa de 70

50 anos do Tri: 70 matérias sobre a Seleção Brasileira na Copa de 70

A série "50 anos do Tri" lembrou, ao longo do mês de junho, a conquista da Copa do Mundo de 1970 pela Seleção Brasileira. Confira todos os textos publicados no site da CBF

Carlos Alberto Torres - Copa do Mundo de 1970 Carlos Alberto Torres - Copa do Mundo de 1970
Créditos: FIFA

A série "50 anos do Tri" relembra, em crônicas e reportagens, a conquista da Copa do Mundo de 1970 pela Seleção Brasileira. Serão várias publicações ao longo do mês de junho, que marca o aniversário do terceiro título mundial do Brasil.

As lembranças daquele título da Copa do Mundo de 1970 são incontáveis.  Os jogos, os ídolos, a rotina dos jornalistas, a expectativa de torcedores, o carinho dos mexicanos. Tudo isso faz com que a conquista do tricampeonato seja uma memória especial, mesmo 50 anos depois. Durante o mês de junho, o site da CBF ficou repleto de materiais que trouxeram aquele sentimento de nostalgia. Para quem viveu, a chance de relembrar dias gloriosos e especiais. Para quem não viu, a oportunidade de conhecer uma das melhores Seleções Brasileiras da história.

Neste guia, reunimos todas as matérias publicadas desde o dia 3 de junho, que marcou o aniversário da estreia do Brasil no Mundial. Desde então, foram 70 textos postados diariamente, além de conteúdos especiais que estão pelas redes sociais da CBF. Neles, recortes de jornais, crônicas dos jogos, depoimentos de jornalistas e jogadores, ídolos de outras gerações e muito mais. Aproveite para fazer uma viagem no tempo, até o México de 1970, e se emocionar com o brilhante time que conquistou o mundo.

Brasil 4x1 Tchecoslováquia

No primeiro texto da série, contamos como foi a estreia brasileira contra a Tchecoslováquia no dia 3 de junho de 1970. Com gols de Rivellino, Pelé e Jairzinho (2), a Seleção largou bem na competição e venceu a primeira por 4 a 1 no Estádio Jalisco.

50 anos do Tri: Brasil larga com vitória sobre a Tchecoslováquia na Copa

Brasil 1x0 Inglaterra

A segunda partida da Copa do Mundo foi considerada uma final antecipada por muitos. No material deste jogo, além da crônica contando os 90 minutos, você também pode ver como os jornais falaram na véspera do confronto, além do depoimento do jornalista inglês Tim Vickery.

50 anos do Tri: Brasil x Inglaterra foi encarado como "final" da Seleção na Copa do Mundo de 1970

50 anos do Tri: Tim Vickery relembra duelo entre Brasil e Inglaterra

50 anos do Tri: Brasil supera a Inglaterra em jogo épico na Copa do Mundo de 1970

Brasil 3x2 Romênia

A última partida da fase de grupos foi marcada por incertezas na escalação e um pedido importante de Pelé, que fez dois gols naquela tarde no Jalisco. Os textos sobre este confronto falam do embate, as dúvidas nos jornais da véspera e, claro, do Rei.

50 anos do Tri: Brasil bate a Romênia e fecha fase de grupos com três vitórias

50 anos do Tri: Dúvidas sobre escalação movimentaram Brasil x Romênia

50 anos do Tri: Poupado? Entenda o boato que fez Pelé pedir para jogar contra a Romênia

Brasil 4x2 Peru

Uma partida que tinha dois Reis, um de cada lado. No embate entre Pelé e o peruano Cubillas, Tostão fez dois gols e garantiu a ida brasileira à semifinal. Com memórias especiais, falamos sobre o reencontro com Didi, campeão Mundial em 1958 e 1962 que era o técnico do Peru, e os retornos de Gérson e Rivellino. Além disso, Cubillas deu seu depoimento sobre aquele jogo e, claro, a Seleção.

50 anos do Tri: Tostão brilha e Brasil supera o Peru na quartas

50 anos do Tri: Reencontro com Didi marcou Brasil x Peru em 1970

50 anos do Tri: Pelé x Cubillas, o duelo entre dois reis sul-americanos

50 anos do Tri: Brasil x Peru foi marcado por retornos de Gérson e Rivellino

50 anos do Tri: 'Pelé Peruano', Cubillas se rende à Seleção e fala com orgulho do confronto de 1970

Brasil 3x1 Uruguai

Um jogo que trazia lembranças dolorosas: assim o duelo contra o Uruguai era encarado. Depois de 20 anos do Maracanazo, havia grande expectativa sobre o duelo e como seria a atuação brasileira. Mas tudo ficou para trás após a virada no Jalisco no dia 17 de junho de 1970, que garantiu a classificação do Brasil para a grande decisão.

50 anos do Tri: Duas décadas depois do Maracanazo, Brasil supera o Uruguai

50 anos do Tri: Lembranças de 1950 dominaram jornais antes e depois de Brasil x Uruguai

50 anos do Tri: Brasil derrota o Uruguai e está na final da Copa do Mundo de 1970

Brasil 4x1 Itália

A grande final. A decisão que, apesar de começar difícil, se tornou um show brasileiro. As últimas crônicas sobre os jogos daquela Copa do Mundo voltam ao Estádio Azteca, na Cidade do México, e lembram a expectativa, a partida e, claro, a comemoração pela conquista da taça Jules Rimet.

50 anos do Tri: Brasil, Itália e a luta pela Jules Rimet

50 anos do Tri: Brasil vence Itália na final e é campeão da Copa do Mundo FIFA de 1970

50 anos do Tri: Jornais enaltecem jogo bonito do Brasil campeão da Copa do Mundo de 70

A campanha e as comemorações

Nestes três textos, você poderá saber melhor os números que levaram o Brasil até o título, a hegemonia brasileira no futebol mundial e como foi a recepção aos campeões no Rio de Janeiro dois dias após a final.

50 anos do Tri: Brasil conquista a hegemonia do futebol mundial

50 anos do Tri: A campanha da Seleção Brasileira de 70 em números

50 anos do Tri: Campeões mundiais são recebidos com festa no Brasil

Curiosidades e homenagens

Como era o mundo quando o Brasil foi campeão? O que aconteceu naquela Copa além dos jogos? Onde estão as peças e homenagens? Como são os estádios em que os brasileiros jogaram? Todas essas perguntas são respondidas nos próximos links. Saiba mais sobre as curiosidades do Mundial, as lembranças que estão no Museu Seleção Brasileira e as surpresas que a CBF preparou para os campeões.

50 anos do Tri: Vida de bola

O que rolava no Brasil e no mundo no ano do Tri da Seleção Brasileira?

10 curiosidades sobre a Copa do Mundo FIFA de 1970 no México

50 anos do Tri: Museu Seleção Brasileira resgata memórias da Copa de 1970

50 anos do Tri: Jalisco e Azteca foram palcos do título em 1970

50 anos do Tri: CBF homenageia campeões mundiais de 1970

Tricampeões mundiais recebem miniatura da Jules Rimet e passam a ser Embaixadores da Seleção

Pelé lança plataforma PeLegacy para promover doações a hospitais brasileiros

Depoimentos

Muitas pessoas foram marcadas pela Seleção Brasileira de 1970. Entre elas, o presidente da CBF, Rogério Caboclo, o técnico Carlos Alberto Parreira, o treinador do Brasil, Tite, ídolos das gerações seguintes e tantos torcedores, incluindo mexicanos. Aqui você pode ver os depoimentos dessas pessoas e o carinho para contar sobre o que viveram naquele ano.

50 anos do Tri: Minha Copa de 70 tem o rosto do Capitão Carlos Alberto

50 anos do Tri: Além do talento, Parreira destaca que preparação física fez diferença para o título

50 anos do Tri: Tite escreve carta aos campeões de 1970: 'A Seleção das Seleções, bem simples assim'

50 anos do Tri: O mexicano que se apaixonou pela Seleção Brasileira anos antes da Copa de 70

50 anos do Tri: Zico, Careca, Casagrande... Ídolos destacam influência da Seleção de 70

Jornalistas falam sobre cobertura da Copa

Eles estavam lá. As matérias a seguir foram escritas pelos jornalistas Washington Rodrigues, o Apolinho, Sílvio Lancellotti, Claudio Carsughi e Roberto Assaf especialmente para o site da CBF. Nelas, eles contam como foi fazer a cobertura daquele time, experiências e suas próprias expectativas.

50 anos do Tri: A Copa de 1970 pelo jornalista Washington Rodrigues (Apolinho)

50 anos do Tri: A Copa de 1970 pelo jornalista Sílvio Lancellotti

50 anos do Tri: A Copa de 1970 pelo jornalista Claudio Carsughi

50 anos do Tri: A Copa de 1970 pelo jornalista Roberto Assaf

50 anos do Tri: Com cinco décadas de cobertura, Osires Nadal relembra 1970: 'Paraná abraçou o Tri'

A visão dos jogadores

Esta parte é dedicada a lembrar momentos e histórias especiais de alguns atletas que foram fundamentais para o tricampeonato. Além de contar um pouco mais sobre jogadas especiais e o talento marcante de cada um, falamos ainda com alguns desses personagens para que eles mesmos dessem seus pontos de vista sobre a Copa.

50 anos do Tri: Félix e a defesa que também mereceu a eternidade

50 anos do Tri: Edu revela conversa com Rivellino antes da Copa e mostra companheirismo do grupo

50 anos do Tri: Segurança da defesa em 1970, Brito diz que Seleção jogou em casa no México

50 anos do Tri: Clodoaldo e o histórico gol que rendeu o abraço dos heróis

50 Anos do Tri: A Seleção Brasileira de 1970 e seus cinco camisas 10

50 anos do Tri: Pelé, o Rei do futebol, se despediu da Copa do Mundo em grande estilo

50 anos do Tri: Rivellino conta histórias da Patada Atômica, exalta craques do time e se rende a Pelé

Perfis de todos os campeões

Vinte e três pessoas fizeram parte da delegação que trouxe a Jules Rimet definitivamente para casa. A seguir, leia o perfil de cada um dos jogadores e de Zagallo, técnico tetracampeão Mundial. Conheça melhor os campeões e suas características.

50 anos do Tri: Ado, goleiro da Seleção Brasileira de 1970

50 anos do Tri: Félix, goleiro da Seleção Brasileira de 1970

50 anos do Tri: Leão, goleiro da Seleção Brasileira de 1970

50 anos do Tri: Joel, zagueiro da Seleção Brasileira de 1970

50 anos do Tri: Baldocchi, zagueiro da Seleção Brasileira de 1970

50 anos do Tri: Brito, zagueiro da Seleção Brasileira de 1970

50 anos do Tri: Fontana, zagueiro da Seleção Brasileira de 1970

50 anos do Tri: Carlos Alberto Torres, lateral-direito da Seleção Brasileira de 1970

50 anos do Tri: Everaldo, lateral da Seleção Brasileira de 1970

50 anos do Tri: Zé Maria, lateral da Seleção Brasileira de 1970

50 anos do Tri: Marco Antônio, lateral da Seleção Brasileira de 1970

50 anos do Tri: Piazza, meia da Seleção Brasileira de 1970

50 anos do Tri: Pelé, meia da Seleção Brasileira de 1970

50 anos do Tri: Clodoaldo, meia da Seleção Brasileira de 1970

50 anos do Tri: Gérson, meia da Seleção Brasileira de 1970

50 anos do Tri: Rivellino, meia da Seleção Brasileira de 1970

50 anos do Tri: Tostão, meia da Seleção Brasileira de 1970

50 anos do Tri: Dario, atacante da Seleção Brasileira de 1970

50 anos do Tri: Edu, atacante da Seleção Brasileira de 1970

50 anos do Tri: Jairzinho, atacante da Seleção Brasileira de 1970

50 anos do Tri: Paulo Cézar Caju, atacante da Seleção Brasileira 1970

50 anos do Tri: Roberto Miranda, atacante da Seleção Brasileira 1970

50 anos do Tri: Em 1970, o campeão Zagallo se transformou em lenda

PATROCINADORES

Seleção Brasileira Nike Itaú VIVO Guaraná Antártica Mastercard GOL CIMED Semp TCL FIAT 3 Corações Techno GYM STAT Sports