CBF entrega réplica da Copa América para Filipe Luis e Thiago Silva

CBF entrega réplica da Copa América para Filipe Luis e Thiago Silva

Jogadores e comissão técnica receberão homenagem por um ano da conquista

Filipe Luís e Thiago Silva recebem réplica da taça da Copa América das mãos do Presidente Rogério Caboclo na sede da CBF Filipe Luís e Thiago Silva recebem réplica da taça da Copa América das mãos do Presidente Rogério Caboclo na sede da CBF
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

O presidente da CBF, Rogério Caboclo, entregou nesta quinta-feira (04) uma réplica da taça da Copa América, vencida pela Seleção Brasileira em 2019, para os campeões Thiago Silva e Filipe Luis.

 

Para marcar um ano  do título, a CBF está enviando a taça como uma homenagem para cada um dos jogadores e integrantes da Comissão Técnica que participaram da conquista do torneio realizado no Brasil. 

 

Por estarem no Rio de Janeiro, Filipe Luis e Thiago Silva optaram por receber o troféu pessoalmente, na sede da CBF. Após uma conversa com o presidente Rogério Caboclo, os campeões da Copa América Brasil 2019 ainda  foram ao Museu Seleção Brasileira para conhecer a estátua de Pelé, inaugurada este ano.

 

Thiago Silva relembrou a dificuldade da Seleção na estreia contra a Bolívia, no dia 14 de junho, no Morumbi, em São Paulo.

 

“A estreia foi marcante para mim. Todo mundo nervoso para estrear bem. Primeiro tempo muito difícil e depois nos soltamos mais. A lembrança é essa do Morumbi lotado e com aquela festa pela estreia”.

 

O lateral-esquerdo Filipe Luis relembrou as dificuldades contra o Paraguai e a emoção de chegar ao Maracanã para a grande final.

 

“ Foi tudo muito especial. Aquela disputa de pênaltis contra o Paraguai foi marcante por ter sido eliminado em 2015 na Copa América do Chile. Depois me lembro muito da emoção de disputar a final no Maracanã, sentíamos que estávamos perto de uma conquista que muita gente não valoriza, mas temos que dar valor”.

 

A Seleção Brasileira foi campeã da Copa América 2019 com quatro vitórias e dois empates em seis jogos disputados. Foram 13 gols marcados contra um sofrido.

 

PATROCINADORES

Seleção Brasileira Nike Itaú VIVO Guaraná Antártica Mastercard GOL CIMED Semp TCL FIAT 3 Corações Techno GYM STAT Sports