Carvalho Leite: o 1º jogador a disputar duas Copas do Mundo pela Seleção Brasileira

Carvalho Leite: o 1º jogador a disputar duas Copas do Mundo pela Seleção Brasileira

Centroavante do Botafogo defendeu o Brasil nas edições de 1930 e 1934 do Mundial e tem passagem marcante pela Canarinho e de muito destaque pelo Glorioso

Carvalho Leite foi o único jogador a defender a Seleção Brasileira nas Copas do Mundo de 1930 e 1934 Carvalho Leite foi o único jogador a defender a Seleção Brasileira nas Copas do Mundo de 1930 e 1934
Créditos: Reprodução de página da Revista Manchete Esportiva de 1956

A Seleção Brasileira apresentou inúmeros craques em Copas do Mundo. Alguns deles tiveram a honra de defender a Canarinho em mais de uma edição. São 102 nomes, sendo sete deles recordistas, com quatro disputas cada: Cafu, Castilho, Djalma Santos, Emerson Leão, Nilton Santos, Pelé e Ronaldo. Mas você imagina quem tenha sido o primeiro a representar o Brasil em mais de um Mundial? No período em que a nossa primeira participação completa 90 anos, o site da CBF segue a série de homenagens aos ídolos e conta a história de Carvalho Leite, o único a defender a Seleção nas Copas de 1930 e 1934.

Carlos Antonio Dobbert de Carvalho Leite nasceu em 26 de maio de 1912, na cidade de Petrópolis (RJ). Conhecido como “Maravilha da Serra”, ele vestiu apenas a camisa do Botafogo após ser revelado pelo Petropolitano. É um dos maiores ídolos da história do Alvinegro, como o grande centroavante do clube na década de 1930. Carvalho Leite conquistou cinco Campeonatos Cariocas pelo Glorioso e teve participação fundamental nas campanhas do histórico tetracampeonato estadual do clube, nos quais assinalou 20 gols em 1932, 13 em 1933, três em 1934 e 16 tentos em 1935. No Carioca de 1930, seu primeiro troféu conquistado pelo time da Estrela Solitária, tinha apenas 18 anos e foi o artilheiro da competição, balançando as redes em 14 oportunidades. 

Quadro de Carvalho Leite em destaque na parede do Centro de Memória do Botafogo. Atacante é o segundo maior artilheiro da história do clube Quadro de Carvalho Leite em destaque na parede do Centro de Memória do Botafogo. Atacante é o segundo maior artilheiro da história do clube
Créditos: Acervo do Botafogo de Futebol Regatas

O faro de gols demonstrado no Carioca de 1930 rendeu a convocação para a Seleção Brasileira que iria ao Uruguai para disputar a primeira Copa do Mundo de todos os tempos. Com pouca idade, Carvalho Leite foi reserva no jogo de estreia, diante da Iugoslávia, mas acabou sendo titular na partida seguinte, contra a Bolívia, e começou com o pé direito na Canarinho. No entanto, mesmo com a vitória do Brasil por 4 a 0, o time acabou eliminado.

Depois do Mundial, o centroavante ainda defendeu a Seleção nas Copas Rio Branco de 1931 e 1932 e na Copa Montevidéu de 1932, conquistando os três troféus. O bom desempenho garantiu que fosse o único remanescente do grupo de 1930 na convocação para a Copa de 1934. Na competição sediada pela Itália, o ídolo alvinegro acabou ficando no banco na única partida disputada pela Canarinho, diante da Espanha, com a precoce eliminação causada pela derrota por 3 a 1.

Em 1938, Carvalho Leite recebeu homenagem de Luiz Aranha, então presidente da Confederação Brasileira de Desportos (CBD) e dirigente do Botafogo Em 1938, Carvalho Leite recebeu homenagem de Luiz Aranha, então presidente da Confederação Brasileira de Desportos (CBD) e dirigente do Botafogo
Créditos: Acervo do Botafogo de Futebol Regatas

A história de Carvalho Leite na Seleção Brasileira, assim como no Botafogo, é recheada com gols. O centroavante disputou 26 jogos, tendo 18 vitórias, quatro empates e quatro derrotas, e anotou 13 tentos, além dos três títulos conquistados já citados. Pelo Alvinegro, ele é o segundo maior artilheiro do clube. Em 11 anos de atividade, disputou 210 jogos oficiais e marcou 175 gols. Após encerrar a carreira, por conta de uma lesão em 1941, formou-se em medicina e seguiu se dedicando ao Glorioso, trabalhando como médico do clube por 50 anos. 

Carvalho Leite nos deixou em 19 de julho de 2004, aos 92 anos, com boa parte deles de serviços prestados aos futebol brasileiro. Por isso, sua memória e feitos permanecem vivos e a CBF faz questão de exaltá-los como forma de agradecimento. 

Após encerrar a carreira como jogador, Carvalho Leite atuou como médico do Botafogo por 50 anos Após encerrar a carreira como jogador, Carvalho Leite atuou como médico do Botafogo por 50 anos
Créditos: Reprodução de página da Revista Manchete Esportiva de 1956

Para homenagear os grandes atletas que defenderam a Seleção Brasileira na primeira Copa do Mundo há 90 anos, o site da CBF publica uma série de matérias especiais. Os conteúdos vão de histórias dos jogadores que representaram o Brasil no Uruguai, relatos da época, fotos e muito mais. Acesse www.cbf.com.br e confira as publicações diárias! 

MAIS COPA DO MUNDO DE 1930:

Há 90 anos, Preguinho marcava o 1º gol da Seleção Brasileira em Copas do Mundo

Araken Patusca: a curiosa história de um dos astros da Seleção Brasileira na primeira Copa do Mundo

PATROCINADORES

Seleção Brasileira Nike Itaú VIVO Guaraná Antártica Mastercard GOL CIMED Semp TCL FIAT 3 Corações Techno GYM STAT Sports