Brasil x Equador: confira o retrospecto da Seleção Brasileira contra o Equador

Brasil x Equador: confira o retrospecto da Seleção Brasileira contra o Equador

Seleção ostenta invencibilidade de 17 anos contra os adversários da quinta rodada das Eliminatórias

Brasil x Equador na Arena do Grêmio Brasil x Equador na Arena do Grêmio
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

Líder e 100% até aqui, a Seleção Brasileira se prepara para mais um desafio pelas Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA Catar 2022. Na próxima sexta-feira (4), o Brasil encara o Equador no Beira-Rio, em Porto Alegre (RS), em um confronto com retrospecto bem favorável para a Seleção.

Este será o 33º jogo na história do confronto, que tem 26 vitórias do Brasil, quatro empates e apenas dois triunfos do Equador. Ao todo, foram 94 gols marcados pela Seleção Brasileira e apenas 22 sofridos. Atualmente, o Brasil ostenta uma invencibilidade de mais de 17 anos perante os equatorianos.

A última vitória do Equador no confronto foi em 2004, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2006. Na ocasião, La Tricolor derrotou o Brasil por 1 a 0 no Olímpico Atahualpa, em Quito. O estádio, por sinal, é o único lugar onde o Equador conseguiu vencer a Seleção Brasileira. O outro triunfo veio em 2001, pelo mesmo placar, nas Eliminatórias para Copa da Coreia do Sul e do Japão.

O último confronto entre as duas seleções foi em 2017. Na Arena do Grêmio, o Brasil venceu o Equador por 2 a 0, com gols de Paulinho e Philippe Coutinho. Aquela foi a primeira vez que o confronto foi disputado em Porto Alegre, que receberá o duelo desta sexta-feira.

Antes disso, também pelas Eliminatórias da Copa de 2018, a Seleção Brasileira foi até Quito e superou os donos da casa por 3 a 0, com gols de Gabriel Jesus (dois) e Neymar. Aquela partida marcou a estreia do técnico Tite no comando da Seleção Brasileira.

Neymar e Tite - Equador x Brasil - Eliminatórias da Copa 2018 Neymar e Tite comemoram gol em vitória sobre o Equador em 2016: partida marcou estreia do treinador.
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

Além desta invencibilidade, o Brasil não leva um gol sequer do Equador há cerca de dez anos. A última vez que a Seleção foi vazada pelos adversários desta sexta-feira foi na Copa América de 2011, na Argentina. Na ocasião, a Canarinho venceu por 4 a 2 no Estádio Mario Alberto Kempes, em Córdoba.

A maior goleada do confronto aconteceu no Sul-Americano de 1949. Em São Januário, o Brasil derrotou o Equador por 9 a 1. Quatro anos antes, a Seleção havia aplicado outra goleada, por 9 a 2, pelo Sul-Americano de 1945. Estas são, até hoje, as duas vitórias mais largas do confronto.

Retrospecto do Brasil x Equador

Jogos: 32
Vitórias: 26
Empates: 4
Derrotas: 2
Gols marcados: 94
Gols sofridos: 22
Maior vitória: Brasil 9 x 1 Equador (Sul-Americano de 1949)
Maior derrota: Equador 1 x 0 Brasil (Eliminatórias de 2002 e de 2006)
Último jogo: Brasil 2 x 0 Equador (Eliminatórias da Copa de 2018)

PATROCINADORES

Seleção Brasileira Nike Guaraná Antártica VIVO ITAÚ Mastercard GOL CIMED SEMP TCL FIAT Pague Menos BitCi 3 Corações Techno Gym Stat Sports Kin Analytics Globus