Brasil e Espanha se unem em combate ao racismo

Brasil e Espanha se unem em combate ao racismo

Na véspera do confronto, jogadores e dirigentes do Brasil e da Espanha se encontram nesta segunda (24) no Santiago Bernabéu para promover amistoso de combate ao racismo

O futebol também é uma ferramenta para a transformação da sociedade. O confronto da Seleção Brasileira contra a Espanha, nesta terça-feira (26), será mais que uma partida de futebol. O Santiago Bernabéu será palco de uma campanha de impacto global de combate ao racismo promovida pela CBF e pela Real Federação Espanhola de Futebol. O jogo será transmitido a partir das 17h30 por diversas plataformas do Grupo Globo.

Na véspera do duelo, jogadores do Brasil e da Espanha foram ao estádio do Real Madrid posar para uma foto histórica. Os brasileiros Vinicius Junior e Rodrigo e os espanhóis Nico Williams e Lamine Yamal se encontram no centro do gramado. O presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, e o diretor esportivo da Seleção Espanhola, Albert Luque.

"Não há mais espaço para racistas no futebol. Esse será o recado claro que vamos dar nesta terça-feira para todo mundo", afirmou Ednaldo Rodrigues, o primeiro presidente negro e nordestino a comandar a CBF em mais de um século de história.

Vinicius Jr., Rodrygo, Lamine e Nico no Estádio Santiago Bernabéu Vinicius Jr., Rodrygo, Lamine e Nico no Estádio Santiago Bernabéu
Créditos: Divulgação/ RFEF

Na véspera de amistoso, Brasil e Espanha se unem em combate ao racismo Na véspera de amistoso, Brasil e Espanha se unem em combate ao racismo
Créditos: Divulgação/ RFEF

PATROCINADORES

Seleção Brasileira Nike Guaraná Antartica Vivo Itaú Neoenergia Mastercard Gol Cimed Pague Menos TCL Semo Technogym Core Laser Mectronic Kin Analytics