Brasil derrota Suécia em 13 de julho de 1994 e se classifica à final do Mundial dos EUA

Brasil derrota Suécia em 13 de julho de 1994 e se classifica à final do Mundial dos EUA

Romário, de cabeça, fez o gol da classificação

Brasil x Suécia na semifinal da Copa do Mundo dos EUA Brasil x Suécia na semifinal da Copa do Mundo dos EUA
Créditos: Divulgação

Há 20 anos...

No dia 13 de julho de 1994, a Seleção Brasileira venceu a Suécia por 1 a 0 na semifinal da Copa do Mundo dos Estados Unidos. Com a vitória, os brasileiros conquistaram a vaga na final da competição.

O único gol da partida, que deu a classificação para a decisão ao Brasil, foi marcado por Romário, de cabeça, aos 35 minutos da segunda etapa. Mais de 90 mil torcedores estiveram no Estádio Rose Bowl, em Pasadena.

Na final, o Brasil enfrentou a Itália, em 17 de julho de 1994. Na próxima semana, você conhecerá esta história no site da CBF.

 

13/07/1994 (16.30)

BRASIL 1:0 SUÉCIA (0:0)

Competição: Copa do Mundo.

Local: Estádio Rose Bowl, em Pasadena (USA). Público: 91.856 espectadores.

Árbitro: Jose Joaquin Torres Cadena (Colômbia). Assistentes: Sándor Márton (Hungria), Luc Adelin Matthys (Bélgica).

Cartão Amarelo: Zinho, Ljung, Brolin.

Cartão Vermelho: Thern, aos 63.

Gol: Romário (cabeça), aos 80.

BRASIL: Taffarel, Jorginho, Aldair, Márcio Santos e Branco; Mauro Silva, Dunga, Mazinho (Raí, aos 46) e Zinho; Bebeto e Romário. Treinador: Carlos Alberto Gomes Parreira.

SUÉCIA: Ravelli, Roland Nilsson, Patrik Andersson, Bjorkblund e Ljüng; Thern, Mild, Ingesson e Brolin; Dahlin (Rehn, aos 67) e Kennet Andersson. Treinador: Tommy Svensson.

 

 

Há 64 anos...

No dia 13 de julho de 1950, a Seleção Brasileira goleou a Espanha por 6 a 1, na segunda rodada do quadrangular final da Copa do Mundo do Brasil. Ademir Menezes (dois), Jair Rosa Pinto, Chico (dois) e Zizinho marcaram os gols do Brasil. Igoa diminuiu para os espanhóis aos 28 minutos da segunda etapa. 

13/07/1950 (15.00)

BRASIL 6:1 ESPANHA (3:0)

Competição: Copa do Mundo.

Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ). Público: 152.772 espectadores.

Árbitro: Reginald James Leafe (Inglaterra). Assistentes: George Mitchell (Escócia), José da Costa Vieira (Portugal).

Gols: Ademir Menezes, aos 16; Jair Rosa Pinto, aos 21; Chico, aos 31; Chico, aos 57; Ademir Menezes, aos 58; Zizinho, aos 67; Igoa, aos 73.

BRASIL: Barbosa; Augusto e Juvenal; Bauer, Danilo Alvim e Bigode (CR Flamengo-RJ); Friaça, Zizinho, Ademir Menezes, Jair Rosa Pinto e Chico. Técnico: Flávio Rodrigues Costa.

ESPANHA: Ramallets; Alonso e Parra; Gonzalvo II, Gonzalvo III e Puchades; Basora, Painzo, Zarra, Igoa e Gaínza. Treinador: Guillermo Eizaguirre Olmos. 

PATROCINADORES

Seleção Brasileira