Brasil derrota Iugoslávia por 2 a 0 em 1º de julho de 1950, na Copa do Mundo Brasil

Brasil derrota Iugoslávia por 2 a 0 em 1º de julho de 1950, na Copa do Mundo Brasil

Ademir Menezes e Zizinho marcaram do gols do confronto

BRASIL X IGOSLÁVIA 1950 BRASIL X IGOSLÁVIA 1950
Créditos: Divulgação

Há 64 anos...

No dia primeiro de julho de 1950, a Seleção Brasileira derrotou a Iugoslávia por 2 a 0, na terceira rodada da primeira fase da Copa do Mundo do Brasil.

Ademir Menezes abriu o placar aos três minutos e Zizinho fez o segundo gol aos 24 do segundo tempo. Com a vitória, o Brasil conquistou uma vaga no quadrangular final, com Uruguai, Suécia e Espanha. Mas esta é outra história, que você conhecerá em breve aqui no site da CBF.

01/07/1950 (15.00)

BRASIL 2:0 IUGOSLÁVIA (1:0)

Competição: Copa do Mundo.

Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (Brasil). Público: 142.429 espectadores.

Árbitro: Benjamin Mervyn Griffiths (País de Gales). Assistentes: Alois Beranek (Áustria), José da Costa Vieira (Portugal).

Gols: 1:0 Ademir Menezes, aos 3; 2:0 Zizinho, aos 69.

BRASIL: Barbosa; Augusto e Juvenal; Bauer, Danilo Alvim e Bigode; Maneca, Zizinho, Ademir Menezes, Jair Rosa Pinto e Chico. Treinador: Flávio Rodrigues Costa.

IUGOSLÁVIA: Mrkusic; Horvat e Branko Stankovic; Zlatko Cajkovski, Jovanovic e Dzajic; Vukas, Mitic, Tomasevic, Bobek e Zeljko Cajkovski. Técnico: Milorad Arsenijevic. 

 

 

Há oito anos...

Em primeiro de julho de 2006, na Copa do Mundo da Alemanha, o Brasil perdeu para a França por 1 a 0 nas quartas de final e foi eliminado da competição.

01/07/2006 (21.00)

BRASIL 0:1 FRANÇA (0:0)

Competição: Copa do Mundo de 2006.

Local: Fifa World Cup Stadion, Frankfurt (Alemanha).

Árbitro: Luis Medina Cantalejo (Espanha). Assistentes: Victoriano Giráldez Carrasco (Espanha), Pedro Medina Hernández (Espanha).

Gol: Henry, aos 56.

Cartão Amarelo: Cafu, Juan, Ronaldo, Sagnol, Lúcio, Saha, Thuram.

BRASIL: Dida, Cafu (Cicinho, aos 75), Lúcio, Juan, Roberto Carlos, Gilberto Silva, Zé Roberto, Juninho Pernambucano (Adriano, aos 62), Kaká (Robinho, aos 77), Ronaldinho Gaúcho, Ronaldo. Treinador: Carlos Alberto Parreira.

FRANÇA: Barthez, Sagnol, Thuram, Gallas e Abidal; Makelele, Vieira, Malouda (Wiltord, aos 80), Zidane, Ribery (Govu, aos 75); Henry (Saha, aos 85). Treinador: Raymond Domenech. 

PATROCINADORES

Seleção Brasileira NIKE GUARANÁ ANTÁRTICA VIVO ITAÚ MASTERCARD GOL CIMED SEMP TCL FIAT PAGUE MENOS 3 CORAÇÕES TECHNOGYM STAT SPORTS