Brasil vence Alemanha e sagra-se pentacampeão em 30 de junho de 2002

Brasil vence Alemanha e sagra-se pentacampeão em 30 de junho de 2002

12 anos do penta: Ronaldo marcou os dois gols do título da Seleção Brasileira

Ronaldo na final da Copa do Mundo do Japão e da Coreia do Sul em 2002

Créditos: Divulgação

Há 12 anos...

No dia 30 de junho de 2002, a Seleção Brasileira sagrou-se pentacampeã mundial. O Brasil derrotou a Alemanha por 2 a 0 no Estádio Internacional Yokohama, em Yokohama, no Japão.

Quase 70 mil pessoas assistiram à vitória e à conquista da Seleção Brasileira sob comando de Felipão. Os dois gols da final saíram no segundo tempo: Ronaldo abriu o placar aos 22 minutos e fechou aos 32.

A Seleção chegou à decisão de maneira invicta. Na estreia, derrotou a Turquia por 2 a 1; no segundo jogo, goleou a China por 4 a 0; e na terceira rodada da fase de grupos, venceu a Costa Rica por 5 a 2. Nas oitavas de final, eliminou a Bélgica por 2 a 0; nas quartas, a Inglaterra se despediu do Mundial com uma derrota para o Brasil por 2 a 1. Na semifinal, a Seleção Brasileira derrotou a Turquia novamente, desta vez, por 1 a 0 no placar.

 30/06/2002

BRASIL 2:0 ALEMANHA (0:0)

Competição: Copa do Mundo.

Local: International Yokohama Stadium, em Yokohama (Japão). Público: 69.029 espectadores.

Árbitro: Pierluigi Colina (Itália). Assistentes: Leif Lindberg (Suécia), Philip Richard Anthony Sharp (Inglaterra).

Cartão Amarelo: Roque Júnior, Klose.

Gols: Ronaldo, aos 67; Ronaldo, aos 77.

BRASIL: Marcos, Lúcio, Roque Júnior e Edmílson; Cafu, Gilberto Silva, Kleberson, Ronaldinho Gaúcho (Juninho Paulista, aos 84) e Roberto Carlos; Ronaldo (Denílson, aos 89) e Rivaldo. Treinador: Luiz Felipe Scolari.

ALEMANHA: Kahn, Linke, Ramelow e Metzelder; Frings, Schneider, Hamann, Jeremies (Asamoah, aos 76) e Bode (Christian Ziege), aos 83; Oliver Neuville e Miroslav Klose (Oliver Bierhoff), aos 73. Treinador: Rudolf “Rudi” Völler.

 

Há 40 anos...

Em 30 de junho de 1974, a Seleção Brasileira derrotou a Argentina por 2 a 1, pela segunda rodada da segunda fase da Copa do Mundo da Alemanha Ocidental. Rivellino abriu o placar aos 32 minutos e Brindisi, de falta, empatou para os hermanos. Três minutos depois. Jairzinho definiu a vitória brasileira com um gol de cabeça.

30/06/1974 (16.00)

BRASIL 2:1 ARGENTINA (1:1)

Competição: Copa do Mundo.

Local: Niedersachsenstadion, em Hannover (Alemanha). Público: 37.056 espectadores.

Árbitro: Vital Georges Gilbert Loraux (Bélgica). Assistentes: Youssou Ndiaye (Senegal), Jack Taylor (Inglaterra).

Cartão Amarelo: Houseman, aos 72.

Gols: Rivellino, aos 32; Brindisi (falta), aos 35; Jairzinho (cabeça), aos 49.

BRASIL: Leão, Zé Maria, Luiz Pereira, Marinho Peres e Marinho Chagas; Paulo César Carpegiani, Rivellino e Dirceu; Valdomiro, Jairzinho e Paulo César Lima. Treinador: Mário Jorge Lôbo Zagallo.

ARGENTINA: Carnevali, Heredia, Bargas, Glaria e Sá (Carrascosa, aos 46); Squeo, Brindisi e Babington; Balbuena, Ayala e Kempes (Housemann, aos 46). Treinador: Vladislao Cap.

 

 

PATROCINADORES

Seleção Brasileira