Guilherme Arana celebra primeira chance na Seleção Brasileira e reencontro com Tite

Guilherme Arana celebra primeira chance na Seleção Brasileira e reencontro com Tite

Convocado neste sábado para o jogo contra o Uruguai, lateral-esquerdo do Atlético-MG terá sua primeira oportunidade na Seleção Principal.

Thiago Galhardo e Guilherme Arana convocados para a Seleção Brasileira Thiago Galhardo e Guilherme Arana convocados para a Seleção Brasileira
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

Convocado neste sábado (14) pelo técnico Tite, Guilherme Arana se apresentou à Seleção Brasileira para seu primeiro jogo pela equipe principal. Figurinha carimbada nas categorias de base da Seleção, com passagens pelo Sub-20 e pela Olímpica, o lateral-esquerdo do Atlético Mineiro disse estar realizando um sonho.

O jogador foi relacionado por Tite para o próximo jogo da Seleção, contra o Uruguai, nesta terça-feira (17), no Estádio Centenário, em Montevidéu, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA Catar 2022. 

"É um dia inesquecível, né? O próprio Galhardo falou que passou um filme na cabeça dele, até agora minha ficha não caiu. Já tinha vestido a camisa da Seleção de base, a Olímpica, mas agora é um gostinho diferente, é um sonho realizado. Agradeço a Deus, à minha família, que sempre me apoiou e que sempre torceu por mim, por esse momento", declarou em entrevista à CBF TV.

Na Seleção Brasileira, Arana terá um reencontro especial com alguém que foi muito importante para sua carreira: o técnico Tite. Foi ele que, em agosto de 2015, promoveu a estreia do lateral pelo time profissional do Corinthians. Na partida, contra o Sport Recife, o jovem viveu um contraste de emoções. Primeiro, deu um passe errado, que acabou ocasionando um gol do adversário. Mas depois se redimiu, sofrendo pênalti que ajudaria o Corinthians a vencer por 4 a 3.

Prestes a voltar a trabalhar sob o comando de Tite, Arana lembrou do dia de sua estreia, há pouco mais de cinco anos.

"Tenho muitas histórias com o Tite, foi ele quem me colocou neste cenário do futebol. Na minha estreia, lembro que eu entrei, com apenas 17 anos, e teve um lance em que eu falhei. Logo após consegui reverter sofrendo um pênalti e saímos com a vitória. Ele, ali no estacionamento da (Neo Química) Arena, encontrou minha mãe, chorando de felicidade, também por tudo que aconteceu dentro do jogo. Ele chegou na minha mãe, conversou com ela, disse que eu era muito corajoso. E poder reencontrar o Tite na Seleção é uma satisfação imensa", revelou.

Campeão brasileiro com o Corinthians em 2015 e em 2017, Guilherme Arana estava no Sevilla, da Espanha, até o começo desse ano, quando se transferiu para o Atlético Mineiro. De volta ao futebol brasileiro, o lateral não esconde que ter oportunidade de jogar para buscar seu espaço na Seleção era um objetivo.

"É uma sensação bem diferente. Há cerca de um ano eu estava na Europa, não vinha atuando, não estava tão feliz. Retornei ao Brasil com o objetivo de jogar a alcançar meus sonhos. Sempre falei nas entrevistas que meu sonho maior era vestir a camisa da Seleção Principal. Poder realizar isso é uma satisfação imensa e vai ficar marcado para o resto da minha vida", concluiu.

Arana foi chamado para compor o elenco da Seleção Brasileira após o lateral-esquerdo Alex Telles testar positivo para Covid-19. O jogador havia contraído o vírus ainda no seu clube, o Manchester United, e já não se encontra mais em estágio transmissivo. Será realizado um novo exame com toda a delegação neste domingo (15). Caso o resultado do teste volte a ser positivo, Alex Telles será desconvocado. 

PATROCINADORES

Seleção Brasileira nike guarana antarctica vivo itau mastercard voe gol semp tcl free fire kwai grupo cimed fiat pague menos bitci cafe 3 corações techno gym stats ports kin analytics globus brasil