Agora na Seleção Brasileira, Tite revê time que trabalhou em Abu Dhabi

Agora na Seleção Brasileira, Tite revê time que trabalhou em Abu Dhabi

Em 2010, técnico teve uma rápida passagem pelo clube. Foram cinco jogos no total ao longo de dois meses. Deixou a equipe para assumir o comando do Corinthians

Primeiro treino da Seleção Principal Masculina em Abu Dhabi. Tite Primeiro treino da Seleção Principal Masculina em Abu Dhabi. Tite
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

Sempre que a Seleção Brasileira chega a um novo local de treinamento, o técnico Tite é um dos mais requisitados por funcionários e profissionais responsáveis pelo campo. Nesta segunda-feira (11), em Abu Dhabi, não foi diferente, mas teve um gostinho e um motivo especial.

A Seleção Brasileira treinou no Estádio Al Nahyan, casa do clube Al Wahda, um dos mais tradicionais do futebol nos Emirados Árabes Unidos. Em 2010, Tite teve uma rápida passagem pela equipe, que se preparava para o Mundial de Clubes daquele ano. Nesta segunda-feira, ele pôde rever alguns dos profissionais que estavam no clube já naquela época.

- Apesar de eu ter ficado pouco tempo, o clube entendeu os meus motivos para sair quando eu comuniquei minha decisão, em 2010. Tanto que até hoje existe um carinho recíproco, que ficou mais claro ainda nesse encontro de hoje - disse Tite, que aproveitou para elogiar a estrutura do clube e a qualidade do gramado do Estádio Al Nahyan, características marcantes desde sua primeira passagem por lá.

Tite comanda treinamento no Al Whada Em 2010, técnico treinou a equipe por 2 meses
Créditos: Divulgação

Tite havia sido contratado pelo Al Wahda para conduzir o time na disputa do Mundial de Clubes de 2010. No entanto, no meio do caminho surgiu uma proposta do Corinthians e ele optou por voltar ao Brasil após cinco partidas, duas vitórias, dois empates e uma derrota. Ele não disputaria o Mundial naquele anos, mas em 2012 levaria o próprio Alvinegro Paulista ao título da competição.

- Um dos jogos que ficou muito marcado para mim foi a estreia. Pegamos logo de cara o maior rival, o Al Jazira, que era dirigido pelo Abel Braga na ocasião. Conseguimos arrancar um empate na casa deles e lembro que o pessoal do clube comemorou bastante - lembrou Tite.

Tite em ação pelo Al Whada Em cinco jogos, técnico obteve duas vitórias, dois empates e apenas uma derrota
Créditos: Divulgação

Além das memórias de dentro das quatro linhas, Tite também lembra que morava em frente ao clube no período em que viveu em Abu Dhabi. O apartamento, que sequer foi totalmente mobiliado, é visível de dentro do gramado do Estádio Al Nahyan. 

Nove anos depois, Tite retorna ao Estádio Al Nahyan para preparar a Seleção Brasileira para seus dois últimos compromissos em 2019. Na sexta-feira, o Brasil enfrenta a Argentina em Riade, na Arábia Saudita. Quatro dias depois, a equipe pega a Coreia do Sul em Abu Dhabi, no dia 19 de novembro, no fechamento da temporada 2019 para seleções.

PATROCINADORES

Seleção Brasileira NIKE GUARANÁ ANTÁRTICA VIVO ITAÚ MASTERCARD GOL CIMED SEMP TCL FIAT PAGUE MENOS 3 CORAÇÕES TECHNOGYM STAT SPORTS