50 anos do Tri: Zé Maria, lateral da Seleção Brasileira de 1970

50 anos do Tri: Zé Maria, lateral da Seleção Brasileira de 1970

Destaque na Portuguesa de Desportos, lateral foi ao México como substituto imediato do capitão Carlos Alberto Torres

Zé Maria, Seleção Zé Maria, Seleção
Créditos: Arquivo / CBF

A série "50 anos do Tri" relembra, em crônicas e reportagens, a conquista da Copa do Mundo de 1970 pela Seleção Brasileira. Serão várias publicações ao longo do mês de junho, que marca o aniversário do terceiro título mundial do Brasil. Conheça agora o lateral Zé Maria, um dos campeões. Até o aniversário da final da Copa, serão apresentados todos os atletas e o técnico Zagallo, por ordem alfabética.

21. Zé Maria

Nome: José Maria Rodrigues Alves
Posição: Lateral
Nascimento: 18/05/1949
Cidade natal: Botucatu (SP)
Clube: Portuguesa de Desportos

Ser reserva de Carlos Alberto Torres não era das tarefas mais tranquilas. Com toda sua vitalidade, técnica e liderança, o Capita sempre foi muito considerado pelos treinadores que teve na carreira, dando pouca oportunidade a seus substitutos.

Assim foi com Zé Maria, na Copa do Mundo de 1970. O lateral, que na época defendia a Portuguesa de Desportos, não participou de nenhuma partida durante o Mundial. É compreensível: além de todas essas questões, Carlos Alberto ainda era o capitão do time e esteve em campo em todos os 540 minutos de jogo da Seleção no México.

LEIA MAIS
50 anos do Tri: Carlos Alberto Torres, lateral-direito da Seleção Brasileira de 1970

Aos 21 anos, o Super Zé voltou da Copa do Mundo com toda a moral. Transferiu-se para o Corinthians, seguiu sendo chamado para a Seleção e foi titular no Mundial de 1974. Com a Amarelinha, ainda conquistou a Copa Roca (1971), a Taça Independência (1972) e o Mundialito de Cali (1977). Esteve em um total de 64 partidas, de 1968 até 1978.

No Alvinegro Paulista, Zé Maria foi ídolo. Transformou-se num símbolo de raça do time e fez parte da equipe que encerrou um jejum de quase 30 anos sem títulos, em 1977. Até os dias de hoje, é um dos jogadores que mais vestiu a camisa do Corinthians, com quase 600 jogos.

PATROCINADORES

Seleção Brasileira Nike Itaú VIVO Guaraná Antártica Mastercard GOL CIMED Semp TCL FIAT 3 Corações Techno GYM STAT Sports