50 anos do Tri: Museu Seleção Brasileira resgata memórias da Copa de 1970

50 anos do Tri: Museu Seleção Brasileira resgata memórias da Copa de 1970

Pelos corredores do Museu, a história da Copa do Mundo de 1970 é contada e relembrada através de peças e memórias do Tri

Lembranças do Tri: Museu Seleção Brasileira expõe peças da Copa de 1970 Lembranças do Tri: Museu Seleção Brasileira expõe peças da Copa de 1970
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

A série "50 anos do Tri" relembra, em crônicas e reportagens, a conquista da Copa do Mundo de 1970 pela Seleção Brasileira. Serão várias publicações ao longo do mês de junho, que marca o aniversário do terceiro título mundial do Brasil.

A história da Copa do Mundo de 1970 pode ser contada de diversas formas, seja através de seus campeões, suas cidades ou por quem viveu. O Museu Seleção Brasileira, localizado na sede da CBF, se propõe a mostrar a conquista do tricampeonato mundial de outra maneira: por meio dos objetos que resgatam a memória da competição. No meio de tantas lembranças, é possível entender a vitoriosa campanha do Brasil com camisas, presentes de outras federações, a estátua de Pelé e, claro, a Taça Jules Rimet.

O acervo do Museu foi pensado estrategicamente para trazer de volta as memórias de quem viveu a Copa de 1970, levando ainda quem não estava vivo até 50 anos atrás. Antônio Carlos Napoleão, Gerente de Memória e Acervo da CBF, explica melhor a importância da conquista histórica e de poder contar mais sobre esse grande momento através dos objetos presentes no local.

- As peças da Copa do Mundo de 1970 expostas no Museu Seleção Brasileira são a memória eterna da conquista definitiva da Taça Jules Rimet, que foi um divisor de águas na história do futebol mundial, uma vez que foi a primeira Seleção a conquistar a posse definitiva do troféu. Além disso, para os visitantes do Museu, é a chance para aqueles que viveram a conquista matarem a saúde, e aos que não vivenciaram poderem ter uma noção do que representou a conquista de uma das maiores seleções da história do futebol mundial. A conquista do tri comprovou na prática a previsão de que a qualidade técnica do jogador brasileiro prosseguia insuperável, desde, é claro, que os trabalhos de treinamento tático e de preparação física fossem conduzidos com acerto - disse.

LEIA MAIS
O que rolava no Brasil e no mundo no ano do Tri da Seleção Brasileira?

Lembranças do Tri: Museu Seleção Brasileira expõe peças da Copa de 1970 A camisa de Carlos Alberto Torres, o Capita
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

Durante o passeio pelo Museu, alguns objetos especiais chamam a atenção quando se fala na Copa do Mundo de 1970. Um deles é a camisa utilizada no torneio, que está exposta junto a outras históricas da Seleção. Ela também aparece na estátua de cera de Pelé, que foi inaugurada em 2020 e está localizada no meio de um dos espaços. Na obra perfeita, o camisa 10 utiliza o uniforme daquele Mundial.

Antônio Carlos Napoleão também falou um pouco sobre momentos marcantes da Copa de 1970, que podem ser vistos em algumas partes do Museu com áudio e vídeo. As jogadas citadas por ele, inclusive, vão de encontro com a estátua de cera de Pelé e sua importância naqueles jogos.

- A conquista do tri se tornou um capítulo mais do que especial na história da Seleção Brasileira e do futebol mundial pelas seis vitórias e por, pelo menos, quatro jogadas de efeito que fazem parte de qualquer enciclopédia que se proponha a contar a história do futebol, todas envolvendo Pelé. São elas: a bola chutada do meio-campo que saiu raspando o travessão, enquanto o goleiro tcheco Viktor corria inútil e desesperadamente para detê-la; a antológica defesa do inglês Gordon Banks em cabeçada certeira no canto direito, após cruzamento de Jairzinho; o inédito drible de corpo que enganou Mazurkiewicz, seguido da conclusão que saiu caprichosamente pelo lado esquerdo da baliza defendida pelo uruguaio; e o toque de gênio, calculado com régua e compasso, para Carlos Alberto Torres marcar o quarto gol contra a Itália - disse o Gerente de Memória e Acervo.

E AINDA
10 curiosidades sobre a Copa do Mundo FIFA de 1970 no México

Lembranças do Tri: Museu Seleção Brasileira expõe peças da Copa de 1970 A estátua em tamanho real do Rei Pelé
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

O momento mais emocionante é o encontro com a Taça Jules Rimet, que está exposta junto aos outros quatro troféus de Copas do Mundo da Seleção. Em uma sala com cenas das vitórias brasileiras e narrações especiais, o torcedor se sente em uma atmosfera vitoriosa e cheia de recordações. O corredor seguinte faz uma bela homenagem aos jogadores que fizeram parte de cada um dos títulos do Brasil em uma constelação de estrelas separada por anos e conquistas.

Completando as lembranças do Mundial de 1970, alguns itens foram trazidos diretamente do México. Um deles é uma réplica da escultura de bronze de três atletas brasileiros que fica na Praça Brasil, localizada em frente ao estádio Jalisco, em Guadalaraja. Depois, como é comum em jogos entre seleções, os presentes oferecidos pelas outras Federações: o troféu da bola em inox com a simbologia dos países participantes da Copa do Mundo, entregue pela Federação Mexicana de Futebol; o quadro em madeira com a imagem da Taça Jules Rimet em inox, dado pela FIFA a todos os países participantes; uma Amphora de prata com pedras de jade, presente da Federação Peruana de Futebol; e um jarro de prata da Federação de Futebol da Grécia.

Entre tantas memórias, as que representam a Copa do Mundo de 1970 estão entre as mais especiais. O Museu Seleção Brasileira conta ainda com narrações de gols e histórias de jogadores em um dos espaços interativos do local, trazendo ao visitante a experiência completa daquele ano e da conquista do tricampeonato.

Lembranças do Tri: Museu Seleção Brasileira expõe peças da Copa de 1970 Réplica da escultura de bronze que fica na Praça Brasil, em frente ao estádio Jalisco
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

Lembranças do Tri: Museu Seleção Brasileira expõe peças da Copa de 1970 A bola de inox dada pela Federação Mexicana ao lado Amphora presenteada pela Federação Peruana
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

Lembranças do Tri: Museu Seleção Brasileira expõe peças da Copa de 1970 Detalhe da Taça Jules Rimet em homenagem ao título de 1970
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

Por conta da pandemia do novo Covid-19, as atividades do Museu Seleção Brasileira estão suspensa, respeitando as recomendações de saúde. Mas logo os torcedores poderão voltar ao lugar para reviver as memórias da história vitoriosa do Brasil.

PATROCINADORES

Seleção Brasileira nike guarana antarctica vivo itau mastercard voe gol bitci free fire kwai grupo cimed fiat pague menos semp tcl cafe 3 corações techno gym stats ports kin analytics globus brasil