Confira 30 fotos de Neymar Jr., o maior artilheiro em atividade da Seleção Brasileira Masculina

Confira 30 fotos de Neymar Jr., o maior artilheiro em atividade da Seleção Brasileira Masculina

Neste sábado (5), atacante completa 30 anos de idade com carreira marcada por grandes momentos com a Amarelinha

Parabéns pra você! Neste sábado (5), Neymar Jr. completa 30 anos de idade e o site da CBF traz uma retrospectiva da trajetória dele até aqui com a Seleção Brasileira. São 30 fotos que ajudam a contar um pouco da história dele com a Amarelinha.

Ele é o maior artilheiro em atividade da Seleção Brasileira (entre homens). São 70 gols em 116 jogos. Em gols marcados, Neymar está atrás apenas de Pelé, que marcou 95 com a Amarelinha. Além disso, Neymar foi campeão da Copa das Confederações, em 2013, e dos Jogos Olímpicos do Rio, em 2016, além de ter disputado duas Copas do Mundo com a Seleção. Conheça um pouco mais dessa história nas 30 fotos a seguir.

#NeymarJr30


O início de tudo

A estreia de Neymar Jr. foi no dia 10 de agosto de 2010. Esperança de dias melhores para a Amarelinha, o atacante de então 18 anos marcou logo em seu primeiro jogo. Foi dele um dos gols na vitória por 2 a 0 sobre os Estados Unidos, em amistoso. Que estrela!

103335379 Neymar comemora seu primeiro gol pela Seleção Brasileira
Créditos: Getty Images

O primeiro torneio

Cerca de um ano depois, Neymar Jr. teve a chance de disputar seu primeiro torneio oficial com a camisa da Seleção Brasileira. Ele participou da Copa América de 2011, na Argentina. O Brasil não conseguiu defender seu título, sendo eliminado nas quartas de final para o Paraguai.

A Copa América de 2011 foi o primeiro torneio oficial de Neymar com a Seleção Principal
Créditos: Rafael Ribeiro/CBF

Sonho olímpico: parte 1

A primeira experiência olímpica de Neymar Jr. foi em 2012. O atacante foi um dos convocados do técnico Mano Menezes para a disputa dos Jogos de Londres 2012, na Inglaterra. Com três gols marcados, ele foi um dos principais nomes na conquista da medalha de prata para o Brasil.

DCIM\100GOPRO Neymar em Londres: atacante disputou os Jogos Olímpicos de 2012
Créditos: Rafael Ribeiro/CBF

Neymar e o carinho da torcida: uma constante na carreira
Créditos: Rafael Ribeiro/CBF

Um dos principais nomes da Olimpíada, atacante fez três gols no torneio
Créditos: Rafael Ribeiro/CBF

Surge uma estrela

A Copa das Confederações de 2013 consolidou o status de Neymar Jr. com a camisa da Seleção. Se o Brasil já conhecia o talento do jovem atacante, a competição apresentou Neymar para o mundo. Eleito pela FIFA como o craque do torneio, Neymar também foi vice-artilheiro da Copa das Confederações e conduziu o Brasil ao seu quarto título da competição.

Brasil 2x0 México , Copa das Confederações 2013, Castelão Fortaleza dia 19 de junho de 2013.
Foto: Rafael Ribeiro Atacante dança após marcar diante do México, pela fase de grupos
Créditos: Rafael Ribeiro/CBF

Campeão, craque e vice-artilheiro: Neymar foi o pacote completo na Copa das Confederações
Créditos: Rafael Ribeiro/CBF

A primeira Copa do Mundo

Vestir a 10 da Seleção Brasileira em uma Copa do Mundo é um privilégio para poucos jogadores. Neymar Jr. teve esta honra pela primeira vez na Copa do Mundo de 2014, no Brasil. Neymar fez quatro gols e foi um dos destaques do Brasil na campanha que terminou nas semifinais. Neymar se despediu antes do torneio, com uma grave lesão contra a Colômbia, nas quartas de final.

Copa do Mundo 2014 - Brasil x Croácia Neymar comemora um de seus quatro gols na Copa do Mundo
Créditos: Rafael Ribeiro/CBF

Torneio no Brasil, em 2014, foi a primeira Copa do Mundo do atacante com a Seleção Brasileira
Créditos: Rafael Ribeiro/CBF

Campanha do Brasil terminou nas semifinais
Créditos: Rafael Ribeiro/CBF

10 e faixa

O primeiro torneio oficial de Neymar Jr. com a Seleção Brasileira após a Copa do Mundo foi a Copa América de 2015. Então comandado por Dunga, o Brasil novamente ficou nas quartas de final, mais uma vez para o Paraguai, nos pênaltis. Neymar fez um gol na competição, que foi disputada no Chile, e que teve pela primeira vez o jovem vestindo a braçadeira de capitão em um jogo oficial.

Campanha do Brasil terminou nas semifinais
Créditos: Rafael Ribeiro/CBF

Sonho olímpico: parte 2

Quatro anos depois da prata em Londres, Neymar voltou a disputar os Jogos Olímpicos na Rio 2016. Desta vez, no entanto, o resultado foi bem diferente. Autor de quatro gols durante a campanha, o atacante liderou o Brasil rumo ao primeiro ouro olímpico de sua história. O Maracanã ficou pequeno para a festa da Seleção após o triunfo sobre a Alemanha na final.

Rio 2016 - Brasil x Colômbia - Neymar Atacante fez quatro gols no torneio, todos durante a fase eliminatória
Créditos: Lucas Figueiredo/MoWA Press

Brasil x Alemanha na final dos Jogos Olímpicos Rio 2016 No Brasil, a Seleção conquistou o que nenhuma outra geração conseguira
Créditos: Lucas Figueiredo / MoWa Press

Brasil campeão olímpico Rio 2016 Neymar morde a medalha: o sonho olímpico era real
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

A chegada de Tite

Em 2016, a CBF anunciou Tite como novo técnico da Seleção Brasileira. O novo treinador tinha como missão recolocar o Brasil na zona de classificação para a Copa do Mundo. O entendimento com Neymar Jr. foi instantâneo. Juntos, os dois ajudaram a classificar a Seleção para o Mundial da Rússia.

Neymar Jr. e Tite durante treino da Seleção Brasileira
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

Entendimento entre os dois foi instantâneo
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

O caminho para a Rússia

Sob o comando de Tite, Neymar Jr. brilhou na sequência das Eliminatórias da Copa do Mundo. Com seis gols marcados pelo craque, a Seleção Brasileira chegou rapidamente à liderança e terminou o torneio com a melhor campanha de sua história: 41 pontos em 18 jogos.

Neymar fez quatro gols na campanha que garantiu a vaga para a Copa do Mundo
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

Brasil fez sua melhor campanha desde que as Eliminatórias assumiram o formato atual
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

A segunda Copa do Mundo

No meio de 2018, Neymar Jr. embarcou com a Seleção Brasileira para a disputa da Copa do Mundo FIFA da Rússia. Recuperando-se de uma grave lesão no pé, o atacante precisou batalhar muito para estar à disposição de Tite na competição. Fez dois gols na campanha do Brasil, que terminou com uma derrota por 2 a 1 para a Bélgica nas quartas de final.

Neymar Jr. fez um dos gols do Brasil na vitória por 2 a 0 sobre o México
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

A Copa América em casa

Ausente da Copa América de 2019 com uma lesão, Neymar Jr. voltou a disputar um título com a Seleção Brasileira em 2021, quando a Copa América foi mais uma vez realizada em solo nacional.Decisivo na campanha brasileira, o atacante foi eleito para o Time do Campeonato, pela CONMEBOL. O Brasil, no entanto, acabou perdendo a final para a Argentina por 1 a 0.

Brasil ficou com o vice-campeonato na Copa América de 2021
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

A artilharia

Nestes quase 12 anos vestindo a camisa da Seleção Brasileira, Neymar tem 70 gols marcados em 116 jogos. Este feito o deixa atrás apenas de Pelé na lista de artilheiros da Amarelinha de todos os tempos entre homens. O Rei tem 95 gols marcados, se incluídos os jogos contra combinados e times. Em partidas apenas contra seleções nacionais, são 77. Entre as mulheres, Marta (117), Cristiane (116) e Pretinha (78) também têm mais gols que Neymar na lista geral de artilharia da Seleção.

70 gols pela Seleção Brasileira: Neymar é o segundo maior artilheiro entre homens
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

Reverência aos ídolos

Durante sua trajetória com a Amarelinha, Neymar não cansou de reverenciar os grandes jogadores que já vestiram a camisa da Seleção. Quando ultrapassou Romário e Ronaldo na lista de artilheiros, por exemplo, lembrou deles na comemoração. É como dizem por aí: os grandes se reconhecem.

Os dentes para fora e o número nove com as mãos: Neymar homenageou Ronaldo ao ultrapassá-lo na artilharia
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

Neymar à la Romário: atacante lembrou o Baixinho ao igualar o ídolo em gols pela Seleção
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

Neymar e Pelé: passado e presente da Seleção Brasileira
Créditos: Ricardo Stuckert/CBF

Os amigos do futebol

Dentro e fora de campo, jogando junto ou contra, Neymar Jr. fez muitos amigos no futebol. Várias destas amizades tiveram momentos marcantes enquanto o atacante vestia a camisa da Seleção Brasileira.

Neymar e Suárez: ao lado de Messi, dupla fez história no Barcelona
Créditos: Rafael Ribeiro/CBF

Daniel Alves e Neymar com a taça de campeão da Copa América 2019 Daniel Alves e Neymar, após o título da Copa América de 2019
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

Juntos desde as categorias de base, Neymar e Philippe Coutinho são amigos dentro e fora de campo
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

Brasil x Argentina - 2010 Neymar e Messi em campo: os grandes nomes da geração na América do Sul
Créditos: Rafael Ribeiro / CBF

O Catar é logo ali!

Artilheiro da Seleção Brasileira nas Eliminatórias, Neymar ajudou o Brasil a garantir sua vaga na Copa do Mundo do Catar em 2022. A Seleção agora se prepara para a busca pela sexta estrela!

Com sete gols, Neymar é o artilheiro do Brasil nas Eliminatórias
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

O sonho segue o mesmo: o título mundial
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

PATROCINADORES

Seleção Brasileira