Victória Albuquerque aposta em faro de gol e juventude para buscar vaga nas Olimpíadas

Victória Albuquerque aposta em faro de gol e juventude para buscar vaga nas Olimpíadas

Com apenas 23 anos de idade, a atacante já se consolida como uma das principais atletas do futebol nacional.

Treino da Seleção Feminina Principal na Granja Comary - 15/09/2020. Victoria Albuquerque Vic Albuquerque em ação com a Seleção Feminina Principal durante sessão de treinamentos.
Créditos: Thais Magalhães/CBF

A contagem regressiva para os Jogos Olímpicos de Tóquio já começou e, com ela, inicia-se, também, a corrida por uma vaga para representar a Seleção Brasileira Feminina no evento de julho. Essa é a expectativa que vive Victória Albuquerque, um dos destaques do time do Corinthians e do futebol nacional na última temporada. Convocada pela técnica Pia Sundhage para o período de treinos na Granja Comary, em Teresópolis (RJ), a atacante de apenas 23 anos apostou em sua juventude e faro de gol para impressionar a comandante sueca.

Nesta terça-feira (6), já concentrada com o restante do grupo de convocadas, Vic Albuquerque participou de uma coletiva de imprensa virtual para atender aos questionamentos da mídia especializada. Artilheira da última edição da Copa Libertadores Feminina 2020, com sete gols anotados, a atacante do Timão exaltou sua destreza em balançar as redes como um ponto que pode pesar a seu favor em eventuais novas convocações com a Canarinho.

“Com certeza, eu considero isso (disputa de vagas no setor ofensivo) como um desafio, um desafio bom, como uma disputa saudável. Tenho um enorme prazer de estar jogando entre as melhores do mundo, as melhores da nossa Seleção, e meu desempenho na frente do gol é muito bom, realmente considero muito bom, é um diferencial meu. Isso pode me ajudar para estar dentro da lista (olímpica) ou para futuramente estar nas próximas listas. Então estou bem feliz com meu desempenho, treino bastante para isso. Minhas finalizações são muito boas, é uma característica que tenho e vou continuar com ela, porque tenho certeza que é um diferencial”, admitiu Vic.

Apesar de confiar em sua performance, a jovem jogadora também mantém os pés nos chãos. Ciente de que a concorrência por uma vaga olímpica, sobretudo entre atacantes, é extremamente acirrada, Victória Albuquerque destaca que seu objetivo principal é executar seu trabalho da melhor forma para se tornar uma figurinha carimbada nas listas da Seleção.

“Eu tenho a dimensão disso sim (minha relevância no futebol nacional). Sei o quanto é difícil com a minha idade ter uma oportunidade tão grandiosa de integrar a Seleção e disputar uma Olimpíada, estar junto das selecionáveis é muito difícil. Mas estou preparada, trabalho muito para estar nessa equipe que vai para essa próxima Olimpíada, mas também tenho noção que, pela minha idade, posso estar nos planos para o futuro – o que também me deixa muito feliz, porque trabalho muito para estar dentro da Seleção, independentemente se for para ser agora ou um pouco mais para frente”, projetou a jovem do Timão.

O período de preparação da Seleção Brasileira na Granja Comary se estende do dia 5 ao dia 13 de abril. Por conta de restrições de viagem devido à pandemia de covid-19, o grupo da Canarinho concentrado em Teresópolis conta com, primordialmente, atletas que atuam no cenário nacional.

PATROCINADORES

Seleção Brasileira NIKE GUARANÁ ANTÁRTICA VIVO ITAÚ MASTERCARD GOL CIMED SEMP TCL FIAT PAGUE MENOS 3 CORAÇÕES TECHNOGYM STAT SPORTS