Seleção Feminina enfrenta Grêmio Feminino e Cruzeiro Masculino Sub-16 em jogos-treinos

Seleção Feminina enfrenta Grêmio Feminino e Cruzeiro Masculino Sub-16 em jogos-treinos

Para os dois compromissos, a técnica Pia Sundhage dividiu as atletas em dois times. Duelos fazem parte do período de observações da comissão técnica em Viamão (RS).

Seleção Feminina Principal enfrenta o Grêmio Feminino e Cruzeiro-RS. Bia Zaneratto Seleção Feminina Principal enfrenta o Grêmio Feminino e Cruzeiro-RS. Bia Zaneratto
Créditos: Laura Zago/CBF

Como parte do período de observações da comissão técnica, em Viamão (RS), a Seleção Brasileira Feminina enfrentou em jogos-treinos, nesta segunda-feira (18), as equipes do Grêmio Feminino e o Cruzeiro-RS Masculino Sub-16. As partidas foram disputas no Vila Ventura Ecoresort e tiveram um hora de duração, com dois tempos de 30 minutos. Seguindo o protocolo médico da Comissão Médica Especial da CBF, as equipes passaram por exames de RT-PCR para detectar previamente possíveis casos de coronavírus.

Para os duelos, a técnica Pia Sundhage dividiu as atletas em dois times e, assim, todas puderam atuar nos compromissos. Diante do Grêmio Feminino, a equipe em campo foi composta por Nicole/Vivi; Fernanda Palermo, Tainara, Isadora (Seleção Sub-20) e Carol; Ingryd, Duda, Kerolin; Millene e Chú. Para o jogo com o Cruzeiro Masculino Sub-16, Pia contou com Bárbara/Vivi; Fabiana, Bruna Benites, Rafaelle e Camila; Debinha, Júlia Bianchi, Andressinha, Marta; Bia Zaneratto e Cristiane. Apenas a zagueira Erika não participou do duelo, pois se recupera de uma lesão no músculo da coxa direita.

Seleção Feminina Principal enfrenta o Grêmio Feminino e Cruzeiro-RS. Bruna Benites Seleção Feminina Principal enfrenta o Grêmio Feminino e Cruzeiro-RS. Bruna Benites
Créditos: Laura Zago/CBF

A técnica Pia Sundhage destacou a importância de testar as atletas em jogos-treinos. Além dos dois duelos desta segunda-feira, no dia 12, o Brasil já havia enfrentado o Grêmio Masculino Sub-16. Para a sueca, foi uma oportunidade de trabalhar as ideias de jogo já visando os próximos compromissos da Seleção Feminina. 

"É muito importante e bom quando você tem duelos para observar às atletas em situações de jogo. Estou muito feliz e grata pela disponibilidade dos dois times. Ao longo desses dias trabalhamos muitas jogadas e conceitos e, hoje, pudemos aplicar em campo. Estou satisfeita com o que tenho visto, tem sido muito bom, tanto defensivamente quando ofensivamente. Mas ainda há pontos que consigo ver que podemos melhorar. Isso é bom, porque o jogo, em si, é um professor", destaca Pia. 

Desde 5 de janeiro, a Seleção Feminina está reunida para um período de treinamentos, que vai até o dia 20 deste mês. As atividades, que iniciam o ano de 2021, fazem parte do ciclo de observações da comissão técnica de olho nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

Seleção Feminina Principal enfrenta o Grêmio Feminino e Cruzeiro-RS. Duda Seleção Feminina Principal enfrenta o Grêmio Feminino e Cruzeiro-RS. Duda
Créditos: Laura Zago/CBF

Seleção Feminina Principal enfrenta o Grêmio Feminino e Cruzeiro-RS. Marta Seleção Feminina Principal enfrenta o Grêmio Feminino e Cruzeiro-RS. Marta
Créditos: Laura Zago/CBF

Seleção Feminina Principal enfrenta o Grêmio Feminino e Cruzeiro-RS. Duda e Kerolin Seleção Feminina Principal enfrenta o Grêmio Feminino e Cruzeiro-RS. Duda e Kerolin
Créditos: Laura Zago/CBF

 

PATROCINADORES

Seleção Brasileira NIKE GUARANÁ ANTÁRTICA VIVO ITAÚ MASTERCARD GOL CIMED SEMP TCL FIAT PAGUE MENOS 3 CORAÇÕES TECHNOGYM STAT SPORTS