Seleção Feminina: 'Marta é fundamental', diz Pia Sundhage

Seleção Feminina: 'Marta é fundamental', diz Pia Sundhage

Técnica diz que conta com a Rainha do Futebol e lembra: ela não foi eleita melhor do mundo tantas vezes por acaso

Brasil x Itália - Copa do Mundo Feminina 2019. Marta

Créditos: Assessoria / CBF

No dia de sua apresentação como treinadora da Seleção Brasileira Feminina, a sueca Pia Sundhage recebeu um vídeos com alguns depoimentos de jogadoras, desejando sorte e sucesso. Entre as falas, está a de Marta, que diz estar treinando forte no clube para merecer uma vaga no time. Se depender da nova mentora, a Rainha seguirá sua trajetória com a Amarelinha.

– Vou à Flórida para assistir aos treinos e jogos do Orlando Pride, conversar com o treinador Marc Skinner e com a Marta, pois ela é fundamental. Não foi eleita a melhor do mundo tantas vezes [seis] por acaso. Vamos cuidar para estar em grande fase nas Olimpíadas de Tóquio. Ela tem o coração vencedor e faz parte dos nossos planos nesse trabalho com a Seleção Brasileira.

Na coletiva de imprensa, após o anúncio da sua primeira lista de convocação, Pia deixou claro que apoia as campanhas por equidade no futebol, que teve Marta como protagonista durante a Copa do Mundo Feminina da FIFA França 2019. Para ela, conquistar objetivos é a melhor estratégica para buscar um cenário mais próximo da equiparação.

– Dou meu apoio à luta pela equidade de gênero e a igualdade financeira no futebol feminino e vejo que a melhor maneira de caminhar neste sentido é formando uma equipe vencedora, trabalhando com a minha equipe para conquistar competições – finalizou.

PATROCINADORES

Seleção Brasileira