Seleção Feminina encerra preparação e atletas que atuam no Brasil focam na disputa do Feminino A1

Seleção Feminina encerra preparação e atletas que atuam no Brasil focam na disputa do Feminino A1

Bárbara, do Avaí/Kindermann, Tamires, Erika, Millene e Victória, do Corinthians, além de Aline Milene, da Ferroviária, tem compromissos pelo BR Feminino A-1

Seleção Feminina - Treino no CT do São Paulo 310819

Créditos: CBF/Mauro Horita

Nesta terça-feira (3), a Seleção Brasileira Feminina teve seu último compromisso pela manhã. As atletas foram submetidas a testes físicos. Após o almoço, o grupo foi liberado. O objetivo de Pia Sundhage foi aproveitar ao máximo todo o período de Data FIFA  para continuar a evolução do trabalho.

A goleira Bárbara fez um balanço da primeira convocação com a nova técnica da Seleção Feminina e agradeceu ao trabalho do Professor Veludo, preparador de goleiras.

– Infelizmente a gente não conseguiu o resultado que esperávamos, mas sabemos o quanto a trabalhamos e o quanto precisamos melhorar ainda mais com a forma que a Pia quer que a gente jogue. Temos muito para melhor, mas acredito que nas próximas convocações ela vai ajustar essa organização tática dentro de campo – ressaltou a arqueira brasileira. 

Para Tamires, a convocação foi muito importante. A lateral analisou a forma que Pia Sundhage pontuou de maneira positiva o período de trabalho com as convocadas. 

– É como se ela tivesse construindo uma casa, pontuando aos poucos o que ela acredita que tem que ser melhorado. Ela colocou muitas coisas boas que a gente já vinha fazendo e ajustou outras para que a gente possa evoluir ainda mais – analisou a atleta do Corinthians. 

Bárbara espera entrar para a história do Kindermann Bárbara espera entrar para a história do Kindermann
Créditos: Assessoria/CBF

Agora, Bárbara, Tamires, Erika, Milene, Victória e Aline Milene viram a chave e passam a focar em outra competição. Nesta terça-feira (3), o Santos-SP recebe a Ferroviária-SP para a decisão da última vaga para a semifinal da competição. Quem avançar enfrenta o Avaí/Kindermann. Como irá atuar logo mais, a atleta do time de Araraquara não participou dos testes físicos. 

– Sabemos que a gente vem crescendo bastante no campeonato, perdemos apenas três jogos de todos os disputados e agora estamos na semifinal. Independente do adversário sabemos que evoluímos bastante e vamos em busca desse resultado. É o primeiro ano que o Kindermann chega em uma semifinal e queremos passar para a final, conquistar o Brasileirão e entrar na história do time – ressaltou a goleira da equipe catarinense. 

 Na outra chave da semifinal, o Corinthians-SP irá visitar o Flamengo-RJ, no Rio de Janeiro, no domingo (8). 

– A gente saiu do Corinthians com uma vitória muito importante e as meninas continuaram trabalhando muito forte. Fizeram uma grande partida contra a Ponte Preta, mantendo a sequência de vitórias, que é muito importante. E agora a gente vai unir forças com elas para que possamos fazer um excelente jogo no Rio de Janeiro contra o Flamengo – concluiu a lateral corinthiana, Tamires. 

 

 

PATROCINADORES

Seleção Brasileira