Pia Sundhage marca presença no Brasileiro Feminino Sub-18

Pia Sundhage marca presença no Brasileiro Feminino Sub-18

Técnica da Seleção Feminina e a auxiliar-técnica, Beatriz Vaz, estiveram em Sorocaba-SP para acompanhar a primeira fase da competição.

12º Dia de Campeonato Brasileiro Feminino Sub-18 - 06/02/2021 12º Dia de Campeonato Brasileiro Feminino Sub-18 - 06/02/2021
Créditos: Adriano Fontes/CBF

A técnica da Seleção Feminina, Pia Sundhage, e a auxiliar-técnica Beatriz Vaz encerram neste sábado (6) as observações da primeira fase do Campeonato Brasileiro Sub-18, em Sorocaba-SP. A dupla chegou na cidade do interior de São Paulo na última quinta-feira (4). Em sua segunda edição, a competição reúne times que exercem trabalho nas categorias de base e estimulam talentos femininos pelo Brasil.  A primeira etapa da competição iniciou no dia 26 de janeiro e encerra neste sábado (6). 

A comandante da Canarinho aproveitou a oportunidade para ressaltar a importância de uma competição que envolve jovens atletas. Segundo Pia, o Brasileiro Feminino Sub-18 contribui para que ela conheça os trabalhos realizados pelos treinadores e treinadoras do país, além de ser fonte de encontro de novos nomes para a Seleção Feminina.

“Estou muito feliz e impressionada com o fato de estar aqui e poder ver jovens atletas atuando, porque nesse momento todos nós passamos por tempos difíceis e estar aqui é muito importante! Não estou aqui apenas para assistir aos jogos, mas também para estar próxima dos técnicos brasileiros. Para mim, é importante conhecer os padrões e também para os técnicos encontrarem novos talentos e, eventualmente, as convocarem para as Seleções Brasileiras. Eu já tive essa experiência na Suécia em diversas oportunidades e essa é uma das fórmulas vencedoras, estar próxima das atletas e ver como elas competem. É fantástico!", declarou a comandante.

 

Com a criação do Brasileiro Feminino Sub-18, as Seleções conseguem analisar a performance e o desempenho das atletas em várias etapas de suas carreiras. A auxiliar-técnica, Beatriz Vaz, ressaltou o valor de inserir esses talentos em cenários competitivos e como esse acompanhamento reflete nas comissões técnicas do Brasil.

“Esse tipo de competição é importantíssima para você pensar em experiências para essas atletas, para que elas possam viver um ambiente competitivo e que os treinadores possam ter contato com os trabalhos. A interação é fundamental, não só para as atletas, mas também para a estrutura que faz com que a modalidade cresça. Quando a gente (comissões técnicas) consegue estar junto, conseguimos discutir e compartilhar. Tudo isso faz com que o conhecimento seja pensado, refletido”, finalizou Bia Vaz.

12º Dia de Campeonato Brasileiro Feminino Sub-18 - 06/02/2021 12º Dia de Campeonato Brasileiro Feminino Sub-18 - 06/02/2021
Créditos: Adriano Fontes/CBF

Além da técnica Pia Sundhage e da auxiliar Beatriz Vaz, as comissões técnicas das Seleções Brasileiras de base também marcaram presença na competição. Os técnicos Jonas Urias e Simone Jatobá estiveram acompanhados de sua comissão técnica, a auxiliar Jéssica de Lima, o preparador de goleiras Luiz Rodrigues e Marlisa Wahlbrink, além do preparador físico João Guilherme e do fisiologista Rodrigo Manda.

PATROCINADORES

Sel Feminina Patrocinador - Notícias