Pia Sundhage faz balanço sobre a convocação da Seleção Feminina

Pia Sundhage faz balanço sobre a convocação da Seleção Feminina

Treinadora da Canarinho falou sobre os retornos de velhas conhecidas na lista e avaliou positivamente o desempenho nos jogos em que esteve na beira do gramado

Convocação da Seleção Feminina para torneio na China. Pia Sundhage Convocação da Seleção Feminina para torneio na China. Pia Sundhage
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

A lista da Seleção Brasileira Feminina Principal para o Torneio na China da próxima Data-FIFA de novembro conta com alguns retornos, como a lateral-direita Letícia Santos, a zagueira Rafaelle e a meia Andressinha. A técnica Pia Sundhage fez um balanço sobre a convocação e mostrou alegria pela oportunidade de conhecer o trabalho de mais atletas que já vestiram a Amarelinha. 

A treinadora avaliou o período que está comandando a Seleção Feminina como positivo. Pia Sundhage expressou satisfação pelo desempenho da Canarinho nos jogos em que esteve na beira do gramado.  

– Essa é uma mistura de algumas novas jogadoras, que nunca trabalhei antes. Estou ansiosa para saber como elas trabalharão na equipe. Também queria jogadoras rápidas. No jogo que foi contra a Inglaterra, nós precisamos de jogadoras rápidas para ter uma melhor transição. Temos que fazer uns testes para ver como elas vão se sair. Às vezes, algumas jogadoras vão melhor na seleção do que nos clubes. Também, temos algumas jogadores canhotas, o que é uma novidade para mim. Nunca tive tantas canhotas, será interessante – destacou.

A técnica Pia Sundhage assinou com a Seleção Brasileira Feminina no dia 29 de julho e ainda tem pouco tempo no comando da Canarinho. A treinadora está conhecendo cada vez mais as atletas e destacou que tem como objetivo montar o time que vai disputar os Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020, o mais brevemente possível. 

– Eu espero que vocês já conheçam a seleção de vocês até lá (Olimpíadas), mas se saindo um pouco melhor do que agora. Eu acredito que a zaga vá levar um pouco mais de tempo, e acredito que possamos no futuro controlar o jogo só com a defesa. Espero que possamos combinar tudo isso no time. E espero também que o time esteja num nível mais elevado antes dos Jogos Olímpicos – acrescentou.

PATROCINADORES

Seleção Brasileira Nike Itaú VIVO Guaraná Antártica Mastercard GOL CIMED Semp TCL FIAT 3 Corações Techno GYM STAT Sports