No retorno à Seleção Feminina, Marta brinca: "Estou treinando meu sueco com a Pia"

No retorno à Seleção Feminina, Marta brinca: "Estou treinando meu sueco com a Pia"

Este é o primeiro encontro entre a atacante e a treinadora. Na primeira convocação, Marta foi cortada devido a uma lesão

Seleção Feminina realiza segundo treino no CT do Middlesbrough visando duelo diante da Inglaterra

Créditos: Daniela Porcelli/CBF

Em alguns momentos do dia Pia Sundhage pode se sentir a vontade para falar sua "língua materna", isso porque Marta fala muito bem sueco. A atacante aprendeu o idioma após quase dez anos atuando na Suécia. Já são dois anos fora do país, tempo para deixar o aprendizado um pouco enferrujado, mas nada como a oportunidade de praticar com a técnica da Seleção Feminina. 

Este é o primeiro encontro entre a atacante e a treinadora, na primeira convocação, Marta foi cortada devido a uma lesão. O encontrou foi adiado para os amistosos de outubro e, ao que, parece está fazendo bem para o sueco da atacante. 

- Eu tenho que treinar com ela porque já estava começando a esquecer um pouco o sueco, vou ter essa oportunidade agora de recapitular muitas coisas que já estavam esquecidas na memória. No mais, muito feliz com a chegada dela, por estar tendo essa oportunidade de conhecê-la, já que não fui na primeira convocação. Então é aproveitar esse momento porque a gente sempre está em busca de progredir, e agora estamos tendo essa chance - conta Marta. 

N N
Créditos: Daniela Porcelli/CBF

Antes de se apresentar à Seleção Brasileira, Marta participou da premiação do FIFA The Best. A atacante foi uma das onze premiadas na inédita Seleção do Ano da FIFA. Para a jogadora eleita seis vezes melhor do mundo, a primeira edição do FIFA FIFPRO Women's World 11 foi um passo a mais no fortalecimento do futebol feminino. 

- Muito feliz, porque a gente sempre trabalha para poder ocupar o mesmo espaço que o masculino ocupa. Então ser premiada no mesmo cenário que os homens foram, a primeira seleção mundial das melhores atletas, só abrilhanta ainda mais o espetáculo. A gente espera, que não só eu, mas que outras meninas da nossa seleção e país estejam nessa seleção nos próximos anos - destaca. 

 

Neste sábado (5), a Seleção Feminina volta à campo para enfrentar a Inglaterra. Na terça-feira (8), a Polônia será a adversário da vez. Será a primeira vez que Marta vestirá a camisa do Brasil após Copa do Mundo. Para a atacante serão duelos muito equilibrados, mas principalmente, bons testes para a nova fase da equipe. 

- A Inglaterra é uma equipe que a gente já conhece que tem uma escola muito forte aqui na Europa. Elas têm jogadas rápidas, são fortes fisicamente, não é muito segredo a maneira que elas jogam. A Polônia já é uma equipe que a gente não tem tanta informação, porque não participou da última Copa do Mundo. Mas perguntando para algumas pessoas aqui da Europa, já sabemos que é uma equipe forte fisicamente. Serão dois dois grandes jogos que precisamos aproveitar essa oportunidade para crescer cada vez mais - finaliza. 

Nesta sexta-feira (4), a Seleção Brasileira fará o último treino antes do duelo com a Inglaterra. A atividade será às 11h (Horário local) no Estádio Riverside, o mesmo do duelo com as inglesas. Após o treinamento, a técnica Pia Sundhage dará entrevista coletiva.

N N
Créditos: Daniela Porcelli/CBF

 

PATROCINADORES

Seleção Brasileira