Diante do Equador, Pia promove as estreias de Júlia Bianchi, Ana Vitória e Giovana na Seleção Principal

Diante do Equador, Pia promove as estreias de Júlia Bianchi, Ana Vitória e Giovana na Seleção Principal

As jogadoras do Brasil fizeram seu primeiro jogo oficial pela Seleção Feminina na vitória de 8 a 0 sobre o Equador, nesta terça-feira (1º), no Morumbi.

Brasil x Equador - Jogo preparatório da Seleção Feminina Principal no Morumbi - 01/12/2020. Julia Brasil x Equador - Jogo preparatório da Seleção Feminina Principal no Morumbi - 01/12/2020. Julia
Créditos: Mariana Sá / CBF

Se um dos objetivos da técnica Pia Sundhage e sua comissão é conhecer as atletas brasileiras e dar oportunidades efetivas, a Seleção Feminina Principal está no caminho certo. Em reencontro diante do Equador, no Morumbi, na noite desta terça-feira (1º), as meias Ana Vitória e Julia Bianchi e a atacante Giovana foram as estreantes da vez. Em goleada de 8 a 0 diante das rivais sul-americanas, as jogadoras sentiram, pela primeira vez, o gosto de defender a Canarinho em um jogo oficial.

Julia Bianchi é um exemplo do que Pia Sundhage deseja para a Seleção Brasileira. Polivalente, a jogadora do Avaí/Kindermann já passou por diversas posições na carreira. A atleta tem em seu currículo atuações como lateral-direita no Mundial Sub-17 de 2012, como volante no Sul-Americano Sub-17 de 2013 e como zagueira no Mundial Sub-20 de 2014. Hoje, na posição de meia, a camisa 13 mostrou suas habilidades e marcou o sétimo gol do Brasil na partida. Emocionada após o jogo, Julia falou sobre seu gol na estreia do comando da técnica sueca.

“Eu fico extremamente feliz, tem sido um ano muito bom para nós como equipe (Avaí/Kindermann) e para mim, principalmente. Então fico muito feliz de vir para cá, mostrar meu trabalho, ter a confiança da Pia e de toda comissão para entrar, e mais feliz ainda por marcar e ajudar a equipe no resultado final da partida”, declarou a meia da equipe catarinense e da Seleção.

Além de Bianchi, Ana Vitória e Giovana também estrearam na noite desta terça-feira. A meia do Benfica foi, inclusive, a única das três a começar a partida diante do Equador como titular. Cria da Seleção Sub-17 e 20, Ana Vitória explicou a magnitude de atuar ao lado de jogadoras que foram referência para ela em seus primeiros passos como atleta.

Brasil x Equador - Jogo preparatório da Seleção Feminina Principal no Morumbi - 01/12/2020. Ana Vitória Brasil x Equador - Jogo preparatório da Seleção Feminina Principal no Morumbi - 01/12/2020. Ana Vitória
Créditos: Mariana Sá / CBF

“Era uma oportunidade muito esperada, muito esperada mesmo. Há muito tempo venho me preparando para isso. Fiquei muito feliz e contente por estar jogando ao lado das meninas que eu cresci admirando e espelhando. Então só tenho realmente que agradecer a Deus”, exaltou a meia de apenas 20 anos.

Assim como Ana Vitória, Giovana pôde viver sua primeira experiência com a Seleção Principal. Com apenas 17 anos de idade, a jogadora do Barcelona destacou a oportunidade concedida por Pia e também afirmou que o momento é de comemoração por um sonho realizado: atuar com a camisa da Seleção Brasileira Principal.

“Estou muito feliz pela vitória, por ter ajudado o time. Agora é aproveitar o momento, porque é o último dia, então vamos aproveitar. Estou muito feliz e bastante emocionada, porque é meu primeiro jogo com a Principal. Sempre foi um sonho, desde pequenininha, jogar na Principal do Brasil”, admitiu Giovana.

Brasil x Equador - Jogo preparatório da Seleção Feminina Principal no Morumbi - 01/12/2020. Giovana Brasil x Equador - Jogo preparatório da Seleção Feminina Principal no Morumbi - 01/12/2020. Giovana
Créditos: Mariana Sá / CBF

Com a oportunidades às três atletas, Pia chega ao total de 49 atletas testadas em campo, das 66 convocadas em um ano e quatro meses de trabalho na Seleção Brasileira. Com a vitória de 8 a 0 sobre o Equador, o Brasil encerrou, oficialmente, seus compromissos em 2020. A comissão técnica já planeja o calendário do próximo ano de olho nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 (adiados para 2021).

PATROCINADORES

Sel Feminina Patrocinador - Notícias