Jennifer: a americana mais brasileira

Jogadora foi campeã sul-americana com a Seleção Sub-20 em 2015, na competição disputada em Santos, no Brasil

O sotaque não nega. Jennifer não nasceu no Brasil. É filha de brasileira com americano. Cresceu nos Estados Unidos, onde fez sua base de treinamentos no futebol. Entretanto, quando teve que escolher qual país servir em sua modalidade, não teve dúvida: optou pela Seleção Brasileira.

– Eu tenho muito orgulho de a minha mãe ser brasileira, e acho que representar o Brasil no futebol é o melhor jeito de demonstrar isso. A minha mãe e a família dela, de Cuiabá (MT), ficaram muito felizes com a minha escolha – conta a atacante.

A jogadora foi campeã sul-americana com a Seleção Sub-20 em 2015, em competição disputada na cidade de Santos, em São Paulo. Nesta semana, Jennifer teve sua primeira oportunidade de treinar com a equipe Principal, ao lado de atletas que ela sempre admirou e assistiu pela televisão:

– É muito legal estar aqui, treinando com elas. Mas é difícil também. Às vezes não entendo muito bem o que as meninas e a comissão falam, mas elas são muito pacientes, me explicam tudo quando tenho qualquer dúvida, principalmente durante o jogo, pois preciso pensar rápido – explicou a jogadora.

PATROCINADORES