Caçula na Seleção Feminina, Jaqueline destaca mais uma oportunidade com Pia

Caçula na Seleção Feminina, Jaqueline destaca mais uma oportunidade com Pia

Aos 20 anos, atacante é remanescente do último ciclo da Seleção Feminina Sub-20. Primeira oportunidade com Pia foi durante os jogos preparatórios com o Equador, em dezembro de 2020.

Caçula na Seleção Feminina, Jaqueline destaca oportunidade com Pia Caçula na Seleção Feminina, Jaqueline destaca oportunidade com Pia
Créditos: Mauro Horita/CBF

De olho na nova geração de atletas, a técnica Pia Sundhage tem como filosofia mesclar o grupo com jogadoras experientes e jovens promessas. Desde que estreou no comando da Seleção Brasileira Feminina, a sueca já promoveu 14 estreias na equipe principal. A atacante Jaqueline faz parte desse processo de transição entre as categorias. Figurinha carimba nas convocações de Jonas Urias, pela segunda vez foi convocada para estar junto com a equipe adulta.

A primeira oportunidade com Pia foi durante os jogos preparatórios com o Equador, em dezembro de 2020. Apesar de não ter atuado, a atacante participou de todos os treinamentos no período de Data FIFA, e não perdeu a oportunidade, nas práticas mostrou que merecia mais uma chance. Eis que nesta preparação, Jaque - como gosta de ser chamada - recebeu mais um convite para estar ao grupo.

"É uma oportunidade muito boa, estou muito feliz! Acredito que a minha passagem pela Seleção Sub-20 me fez estar aqui hoje, sou muito grata pela oportunidade. Tenho o sonho de estar nas Olimpíadas e estou trabalhando muito pra chegar lá", destaca Jaqueline. 

Caçula na Seleção Feminina, Jaqueline destaca mais uma oportunidade com Pia Caçula na Seleção Feminina, Jaqueline destaca mais uma oportunidade com Pia
Créditos: Mariana Sá/CBF

Em 2020, o desempenho em campo rendeu o prêmio individual de jogadora revelação do Brasileirão Feminino. Com o São Paulo, coleciona o título do Brasileiro Feminino A-2 e, no ano passado, ajudou a levar a equipe até as semifinais da primeira divisão. Aos 20 anos, destaca que apesar da pouca idade se considera preparada para assumir grandes desafios, como a disputa de uma Olimpíada.  

"Com certeza é um presente pra mim estar aqui, tenho 20 anos e estou conquistando muitas coisas. Acredito que seja mérito do meu trabalho, do meu esforço e estou muito feliz. Espero continuar trabalhando tanto no meu clube quanto aqui na Seleção, pra poder chegar a lugares mais altos e mostrar o meu talento e futebol", aponta. 

Um dos pontos fortes da equipe de Pia Sundhage é o ataque poderoso. Em 14 jogos, foram 42 gols marcados, uma média de 3 tentos por partida. A caçula da equipe nessa convocação destaca a concorrência para fazer parte do setor ofensivo da Canarinho, mas reforça que é uma preciosa oportunidade aprender com as mais experientes. 

"Com certeza há outras atacantes trabalhando duro assim como eu. Tenho certeza que a Pia irá fazer a melhor escolha e até lá irei trabalhar bastante. Quero aprender com as meninas que estão aqui há mais tempo, e dar o meu melhor em todos os treinos e jogos pra tentar conseguir uma vaga", enfatiza.

O período de preparação da Seleção Brasileira na Granja Comary se estende do dia 5 ao dia 13 de abril. Por conta de restrições de viagem devido à pandemia de covid-19, o grupo da Canarinho concentrado em Teresópolis conta com, primordialmente, atletas que atuam no cenário nacional.

 

 

PATROCINADORES

Seleção Brasileira NIKE GUARANÁ ANTÁRTICA VIVO ITAÚ MASTERCARD GOL CIMED SEMP TCL FIAT PAGUE MENOS 3 CORAÇÕES TECHNOGYM STAT SPORTS