Integração: seleções femininas treinam lado a lado

Técnicos da Principal, Vadão, e da Sub-17, Luizão, ressaltam a importância da parceria entre as comissões técnicas e as jogadoras

Treino da Seleção Feminina na Granja Comary

Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

Treino da Seleção Feminina na Granja Comary

 Duas Seleções Brasileiras Femininas estão concentradas na Granja Comary, em Teresópolis (RJ): a Principal e a Sub-17. Apesar de categorias diferentes, o objetivo é o mesmo: se preparar bem para a Copa América e o Sul-Americano. As equipes comandadas pelos técnico Vadão e Luizão estão concentradas no CT desde o dia 16 de fevereiro.

Desde então, a integração entre as duas delegações é grande. Seja em uma conversa e troca de experiências entre os integrantes da comissão técnica, quanto em um bate-papo com muitos conselhos das jogadoras da equipe Principal para as mais novas da Sub-17. E, claro, quando assistem aos treinamentos e jogos-treinos. 

– Essa interação é muito importante para a gente. As meninas da Principal conversam muito com a gente, falam de coisas que já passaram, dizem que nós temos que nos cuidar e sermos profissionais. E é muito legal, porque muitas delas já passaram pelas categorias de base. É um incentivo para gente – analisou a meio-campo da Sub-17, Malu.

O Sul-Americano Sub-17 será disputado de 7 a 25 de março na Argentina, enquanto a Copa América será no Chile de 4 a 22 de abril. 

Nove jogadoras da Seleção Principal convocadas na última etapa para observação serão liberadas neste fim de semana para seus clubes. O técnico Vadão tem aproveitado todas as oportunidades para observar e avaliar o maior número de atletas brasileiras.

– Para nós é muito importante essas convocações, temos a oportunidade de mostrar mais uma vez o nosso trabalho. E isso mostra que o professor Vadão e a comissão técnica estão observando as atletas que jogam no Brasil e encontrando bons resultados – avaliou Djenifer.

PATROCINADORES

Seleção Brasileira