FIFA anunciará sede da Copa do Mundo Feminina 2023 no dia 25 de junho

FIFA anunciará sede da Copa do Mundo Feminina 2023 no dia 25 de junho

Conselho da FIFA fará reunião online no próximo mês para divulgar o país sede do próximo Mundial Feminino. Brasil concorre com Austrália e Nova Zelândia, Colômbia e Japão

CBF apresentou proposta para sediar Copa do Mundo de 2023 CBF apresentou proposta para sediar Copa do Mundo de 2023
Créditos: CBF

A FIFA anunciou, nesta sexta-feira (15), a data para a divulgação da próxima sede da Copa do Mundo Feminina, que será disputada em 2023. No dia 25 de junho de 2020, a entidade fará uma reunião online com o Conselho da FIFA para anunciar o país escolhido para o evento. O Brasil está concorrendo com a Colômbia, o Japão e a candidatura conjunta de Austrália e Nova Zelândia.

Todas as propostas elegíveis serão apresentadas neste dia ao Conselho da FIFA, que fará uma votação aberta para selecionar o anfitrião do Mundial de 2023. A escolha passará por diversos critérios, incluindo as visitas técnicas realizadas aos países concorrentes no início deste ano.

A proposta brasileira indicou jogos em oito cidades distribuídas em todas as regiões do país: Manaus, Recife, Salvador, Brasília, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre. Além disso, foram mapeados mais de 60 centros de treinamento, 1.000 hotéis e estruturas em todas as cidades para realização de sorteios, workshops e eventos paralelos.

Vale lembrar que a edição de 2023 da Copa do Mundo Feminina terá, pela primeira vez na história, 32 seleções na disputa, seguindo o modelo atual do Mundial masculino. A última edição, na França em 2019, alcançou a maior audiência da história, com mais de 1 bilhão de espectadores pelo mundo.

 

PATROCINADORES

Seleção Brasileira Nike Itaú VIVO Guaraná Antártica Mastercard GOL CIMED Semp TCL FIAT 3 Corações Techno GYM STAT Sports