Érika destaca imposição de jogo do Brasil

Érika destaca imposição de jogo do Brasil

Em sua terceira Olimpíada, a zagueira da Seleção Brasileira acredita que a atenção durante a partida pode fazer a diferença

ERIKA COMEMORACAO 001 ERIKA COMEMORACAO 001
Créditos: Rafael Ribeiro / CBF

A poucos dias da estreia do Brasil nos Jogos Olímpicas, as Meninas de Ouro seguem a preparação a todo vapor. Entre as convocadas pelo técnico Vadão, estão nomes de novatas na competição, mas também de velhas conhecidas do maior evento esportivo do mundo. E a zagueira Érika é uma das experientes jogadoras que vai defender a amarelinha na Rio 2016. Em sua terceira edição de Olimpíadas, a paulista que há 11 anos foi chamada para defender a Seleção pela primeira vez mantém os pés no chão e fala em impor o ritmo de jogo respeitando todos os adversários.

– Acho que a gente não pára para pensar em quem pode ser a melhor ou mais inferior da chave, a gente não mede isso. A seleção que vier a gente vai jogar de igual para igual e impor o nosso trabalho. E é claro que a gente sempre quer a vitória, jogar bem, e mostrar para o povo brasileiro o nosso trabalho e o que foi feito nesse tempo de preparação. 

Sobre o primeiro confronto, contra a seleção da China, a defensora do Brasil acredita que a atenção durante a partida pode fazer a diferença. Segundo Érika, todas as equipes que conquistaram vaga para os Jogos Olímpicos apresentam alto nível de futebol, e as seleções asiáticas, em particular, têm feito importante trabalho com as categorias de base, gerando resultados em campo.

– Estamos muito focadas. Antigamente as chinesas tinham um elenco muito competitivo e isso foi caindo aos poucos. A medida em que elas foram trabalhando com as categorias de base, foram crescendo cada vez mais, da mesma forma como o Japão tem feito. No Mundial, as chinesas dominaram, então dessa vez, elas se mostram muito bem preparadas para as Olimpíadas. A gente tem que ficar atento a tudo isso, todas as seleções que estão aqui tem potencial e condições para chegar forte.

As Meninas de Ouro estão cada vez mais no clima dos Jogos. Nas últimas semanas, elas conheceram a Tocha Olímpica quando estavam em Fortaleza para a disputa do amistoso contra a Austrália - vitória de 3 a 1 de virada para o Brasil -, e se instalaram na Vila Olímpica quando chegaram à Cidade Maravilhosa.

– Acho que o amistoso preparatório já é um começo. Antes mesmo de tudo isso, a gente já está no espírito olímpico. O que aconteceu naquele amistoso já era como se estivéssemos nas Olimpíadas. A gente teve vontade e permanecemos com essa vontade de ganhar sempre. Já foi um jogo importante para a gente saber como se portar e se posicionar em campo. E o calor humano da torcida foi muito gostoso!

Nesta quarta-feira (27), a Seleção Brasileira treinará à tarde no Cefan, às 16h. Após o treinamento, Andressa Alves e Debinha atenderão à imprensa.

PATROCINADORES

Seleção Brasileira Nike Itaú VIVO Guaraná Antártica Mastercard GOL CIMED Semp TCL FIAT 3 Corações Techno GYM STAT Sports