Convocada por Pia como defensora, Chú demonstra motivação em novo desafio na Seleção Feminina

Convocada por Pia como defensora, Chú demonstra motivação em novo desafio na Seleção Feminina

Meio-campista de origem, a atleta da Ferroviária recebeu a missão de explorar uma nova função dentro das quatro linhas. No período de treinamentos na Granja, foi testada como lateral

Coletiva de Imprensa com Chú Coletiva de Imprensa com Chú
Créditos: Thais Magalhães/CBF

A experiente atacante Chú Santos não costuma fugir de um bom desafio e, desta vez, não foi diferente. Convocada como defensora por Pia Sundhage para o período de preparação com a Seleção Feminina Principal, a jogadora concedeu entrevista coletiva e comentou que a mudança de posição colabora para que ela se torne uma mais atleta versátil.

No final do ano passado, ela já havia sido convocada pela sueca, mas para atuar no meio-campo, posição que costuma jogar na Ferroviária. Agora, nessa nova oportunidade com a Amarelinha, Chú recebeu a missão de explorar uma nova função dentro das quatro linhas e foi deslocada para a lateral. 

“É sempre gratificante quando uma atleta atua em mais de uma posição porque você sempre vai estar no grupo. Então, o fato de hoje jogar de atacante, jogar de lateral, outras funções, é uma honra porque eu sempre procuro dar o meu melhor, não só na minha posição de origem, mas nos novos desafios que a vida está me dando. Se for preciso me colocar no gol, eu vou também”, declarou.

 

Natural de São João de Meriti, no estado do Rio de Janeiro, Francisleide dos Santos Barbosa, carinhosamente chamada de Chú, ressalta que sua vida sempre foi motivada por desafios. Para ela, os riscos que ela se permite explorar a moldam como profissional e a tornam uma atleta vencedora.

“Atleta que não gosta de desafio, não aguenta jogar futebol. Na vida, nós estamos sujeitas a isso, a desafios e ter que arriscar. Você só vai saber se vai dar certo se você tentar, e se você não quiser nem tentar, você será uma atleta que já se encontra derrotada. Eu não me encontro dessa forma, me sinto uma atleta vencedora e que deseja sempre fazer diferente, independentemente do que aconteça. Só vou saber se vai dar certo se eu tentar, então eu estou muito feliz com esse desafio”, confessou.

Treino da Seleção Feminina Principal na Granja Comary - 15/09/2020. Chú Treino da Seleção Feminina Principal na Granja Comary - 15/09/2020. Chú
Créditos: Thais Magalhães/CBF

A sequência de treinos da Seleção Feminina na Granja Comary, em Teresópolis (RJ), termina nesta terça-feira (22). A comissão técnica aproveitou a oportunidade para testar as atletas em situação de jogo. Além disso, um dos objetivos foi analisar o comportamento em novas posições, já que na Olimpíada, apenas 18 atletas podem ser convocadas. Mas essa não é a única competição com a Seleção que Chú deseja participar.

“Tenho muitos objetivos, não só jogar os Jogos Olímpicos, mas disputar uma Copa do Mundo, disputar um Sul-Americano e outras grandes competições que a Seleção tiver para atingir. Espero estar junto disputando. A minha meta é trabalhar forte, e, se Deus permitir, vou levantar esse caneco aí que a gente tanto almeja”, prometeu.

Treino da Seleção Feminina Principal na Granja Comary - 15/09/2020. Chú Treino da Seleção Feminina Principal na Granja Comary - 15/09/2020. Chú
Créditos: Thais Magalhães/CBF

Atuando pela Ferroviária, a atacante tem notado uma grande evolução do Brasileiro Feminino A-1, que segunda ela está na sua melhor edição. Chú considera o avanço como um fruto da seriedade que as federações e a CBF tem dado ao futebol feminino. 

“Foi o reconhecimento do nosso trabalho e da nossa dedicação que está contribuindo para esses avanços. E não falo só por mim, falo por todas as atletas que também procuram estar tendo um bom desempenho. Já foi um passo muito grande o nosso presidente, Rogério Caboclo, igualar as diárias e abraçar o futebol feminino. Isso estimula mais ainda a forma como a gente já trabalhava. Eu creio que com a ajuda, não só da CBF, mas com todas as federações, a modalidade ainda tem muito a para crescer”, finalizou.

Treino da Seleção Feminina Principal na Granja Comary - 20/09/2020. Chú Treino da Seleção Feminina Principal na Granja Comary - 20/09/2020. Chú
Créditos: Thais Magalhães/CBF

PATROCINADORES

Seleção Brasileira Nike Itaú VIVO Guaraná Antártica Mastercard GOL CIMED Semp TCL FIAT 3 Corações Techno GYM STAT Sports