Calouras na Copa, Letícia e Aline celebram chance com a Seleção

Calouras na Copa, Letícia e Aline celebram chance com a Seleção

Lateral e goleira assistiram juntas à convocação do técnico Vadão. Em 2019, Letícia Santos e Aline Reis vão disputar o Mundial pela primeira vez

Seleção Feminina: Brasil 1x2 Espanha

Créditos: Laura Zago

Pouco a pouco, a contagem regressiva para a Copa do Mundo 2019 vai se aproximando do fim. Após a convocação da Seleção Brasileira Feminina para o torneio, nesta última quinta-feira (16), o grupo segue se preparando antes do pontapé inicial na disputa. A ansiedade é inevitável na busca pelo título inédito na França e a expectativa cresce ainda mais entre as atletas que irão disputar o Mundial pela primeira vez.

Lateral do Sportclub Sand (Alemanha), Letícia Santos é uma das calouras nessa edição da Copa do Mundo. A jogada de 24 anos defende a camisa da Seleção principal desde 2017, quando foi convocada pela primeira vez. Pouco mais de dois anos depois, a responsabilidade junto ao time do Brasil cresce com a estreia em um Mundial - e a notícia foi recebida ao lado da companheira Aline Reis, também convocada por Vadão. Antes, Letícia tinha defendido as cores do Brasil na Copa do Mundo Feminina Sub-20, no Canadá, em 2014. 

- Estou muito feliz com a oportunidade, especialmente porque é um trabalho realizado há muitos anos até chegar nesse momento. Me sinto muito feliz, estou me preparando em todos os aspectos para representar bem (a Seleção). Eu tinha uma expectativa de estar na lista, mas eu estava um pouco ansiosa para esse momento. Eu estava assistindo à convocação com a Aline (Reis, goleira) no quarto, foi um momento de muita felicidade. Mas eu não sabia como reagir! (risos) Conversei com meus pais, foi um momento muito gratificante - analisou.

Veja mais: Michelle Ramalho será chefe de delegação da Seleção Feminina na Copa do Mundo

Aline se prepara para fazer a defesa Aline participou das Olimpíada Rio-2016, mas esta será sua primeira Copa do Mundo com a Seleção Brasileira
Créditos: Gregorio Fernandes

O desafio de representar a Seleção Feminina em grandes competições não é novidade para Aline Reis, que também esteve no grupo que disputou a Olimpíada do Rio-2016. Contudo, essa também será a primeira vez na Copa do Mundo para a goleira, que fez questão de destacar a mentalidade otimista do grupo antes da viagem à França.

- O Mundial é o sonho de todo atleta. Todo futebolista sonha em primeiro servir à Seleção, depois estar em uma Copa do Mundo e levantar a taça. O coração bate mais forte. Tenho trabalhado para dar o meu melhor, ajudar o Brasil dentro e fora de campo. Naquele momento (da convocação), ouvir o meu nome foi mais um passo dado nessa caminhada. Estamos aprendendo com alguns erros que encontramos. Quando conversamos entendemos que, na hora do "vamos ver", se nós dermos o nosso melhor em campo, temos capacidade de sobra para chegar à final. Sinto que estamos todas no mesmo barco, remando na mesma direção - finalizou a goleira do UD Granadilla Tenerife (ESP).

A Copa do Mundo começa no dia 7 de junho e se estende até o dia 7 de julho de 2019. O Brasil está no grupo C da competição, ao lado de Jamaica, Itália e Austrália. A estreia da Seleção Feminina será no dia 9 de junho, às 10h30 (Brasília), em duelo contra as caribenhas na cidade de Grenoble (França).

PATROCINADORES

Seleção Brasileira NikeItaúVIVOGuaraná AntárticaMastercardGOLGrupo CIMEDSEMP TCLFIATUltrafarmaEnglish LiveTechnogymStatsports3 Corações