Bia Menezes revela emoção pela primeira convocação na Seleção: 'Voltei a ser criança"

Bia Menezes revela emoção pela primeira convocação na Seleção: 'Voltei a ser criança"

Lateral esquerda do São Paulo vive a experiência de vestir a Amarelinha na Copa Ouro; estreia do Brasil será na madrugada de quinta-feira (22).


A lateral Bia Menezes está vivenciando um dos momentos mais significativos de sua carreira com a convocação para representar a Seleção Brasileira Feminina Principal. Treinando em San Diego, nos Estados Unidos, para a disputa da Copa Ouro, a jogadora de 26 anos compartilhou com a CBF TV a importância deste passo em sua trajetória. Ela é uma das convocadas por Arthur Elias para a disputa da competição. O Brasil estreia contra Porto Rico na madrugada de quinta-feira (22), às 0h15 (horário de Brasília). A partida será exibida pela ESPN4 e Star+.

"A sensação é que eu voltei a ser criança. É como se eu tivesse regressado 16 anos atrás, onde eu tinha um sonho de estar aqui. É lembrar de quando vi a Marta na televisão disputar o Pan-Americano e a Olimpíada. É indescritível porque eu me lembro da Bia de 16 anos atrás com um sonho vendo sua ídola na televisão", comentou a lateral.

Lateral realizou o primeiro treino com a Seleção neste domingo (18) Lateral realizou o primeiro treino com a Seleção neste domingo (18)
Créditos: Leandro Lopes/CBF

Relembrar o passado é valorizar as conquistas do presente. Bia iniciou sua jornada na modalidade ainda jovem, integrando a equipe do Centro Olímpico. Posteriormente, passou por clubes como Audax, Rio Preto, Flamengo, Santos, até chegar ao São Paulo, sua equipe atual. Ao refletir sobre sua trajetória, ela destacou que, apesar das dificuldades, encontrou forças em sua maior incentivadora, sua mãe.

"Apesar das dificuldades que enfrentei no caminho, de algumas situações na minha vida pessoal, principalmente, quando perdi minha mãe, que sempre foi meu maior incentivo para estar aqui hoje, fui muito resiliente. Superei obstáculos, enfrentei o luto, que é a parte mais difícil, e estou aqui."

As categorias de base do Brasil têm um histórico vitorioso no cenário continental, sendo eneacampeãs na Sub-20. Bia é parte dessa história, tendo feito parte da equipe que conquistou o Sul-americano da categoria em 2015. Acostumada com grandes competições, agora ela tem a oportunidade de representar o Brasil na Copa Ouro Feminina, que começa na madrugada de quinta-feira (22) para o Brasil. 

"Minhas expectativas são altíssimas. Saí de casa dizendo que só voltaria depois do dia 10 de março, e esse é o meu objetivo, assim como de todo o grupo e da comissão técnica. Nosso foco é desempenhar bem, ser campeão e, consequentemente, isso renderá bons frutos para as Olimpíadas."

Depois da estreia, as Guerreiras do Brasi enfrentarão a Colômbia, na madrugada do dia 25 (domingo), e encerram a sua participação na fase de grupos no dia 28 de fevereiro (quarta-feira) diante do Panamá. Todos os jogos serão realizados no Estádio Snapdragon, às 00h15 (horário Brasília), e serão transmitidos pela ESPN4 e Star+.

PATROCINADORES

Sel Feminina Patrocinador - Notícias Nike Guaraná Antartica Vivo Itaú Neoenergia Mastercard Gol Cimed Pague Menos TCL Semo Technogym Core Laser Mectronic Kin Analytics