Andressa Alves retorna a Montpellier, cidade do primeiro clube na Europa, para duelo com a Austrália

Andressa Alves retorna a Montpellier, cidade do primeiro clube na Europa, para duelo com a Austrália

Atacante da Seleção Brasileiro atuou no Montpellier Hérault Sports Club, em 2015/16, agora volta à cidade francesa para duelo diante da Austrália no Mundial

Andressa Alves - Treino da Seleção Feminina em Grenoble

Créditos: Assessoria / CBF

Voltar a Montpellier traz boas lembranças a Andressa Alves, foi no clube da cidade que a atacante começou a carreira internacional, após sair do São José (SP). A passagem no Montpellier Hérault Sports Club foi de um ano (2015/16), o suficiente para deixar algumas recordações. Com a equipe chegou à final da Copa do França, com direito a um gol na decisão, mas que infelizmente não foi o suficiente para garantir a vitória sobre o Lyon, que venceu por 2 a 1. Atualmente, a atacante atua no Barcelona, da Espanha, desde 2016/17.

- Me sinto muito bem em voltar pra cá, foi o clube que me abriu as portas na Europa. Agradeço muito ao Montpellier, aos diretores e as pessoas que me ajudaram durante a passagem pelo clube. O futebol feminino aqui é muito forte e me trouxe muita alegria - conta Andressa.

 

Andressa Alves volta à cidade, deste vez, para um compromisso maior, nesta quinta-feira (12), enfrentará a Austrália, pela segunda rodada do Grupo C, na Copa do Mundo da França. Líder do grupo, se vencer, o Brasil pode garantir a classificação antecipada para a próxima fase. 

- Brasil e Austrália virou um clássico, ultimamente a gente tem jogado muito contra elas. Sabemos da dificuldade que será o jogo, porque a Austrália precisa vencer e, caso, a gente vença estaremos praticamente classificados. Então, será um jogo muito difícil em que as duas equipes vão sair para vencer - analisa a atacante.

Brasil e Austrália se enfrentaram nas oitavas de final da Copa do Mundo do Canadá, em 2015. Na ocasião, a Seleção Brasileira foi eliminada da competição ao perder por 1 a 0. Já nos Jogos do Rio 2016, as australianas foram eliminadas pelas brasileiras, nas quartas de final, com vitória verde-amarela nos pênaltis. 

Nesta terça-feira (11), Andressa e as jogadoras que atuaram desde o primeiro tempo da partida fizeram trabalho regenerativo no Complexe Sportif Roger Bambuck. Já o restante da equipe treinou normalmente com a presença, pela primeira vez desde a lesão, da atacante Marta. Na primeira atividade, realizaram treino de posse de bola. Em seguida, o técnico Vadão comandou um trabalho de finalização. Fechando o treinamento do dia, o grupo realizou um coletivo em campo reduzido. 

Marta treina com a equipe brasileira em Montpellier Marta treina com a equipe brasileira em Montpellier
Créditos: CBF

PATROCINADORES

Seleção Brasileira NikeItaúVIVOGuaraná AntárticaMastercardGOLGrupo CIMEDSEMP TCLFIATUltrafarmaEnglish LiveTechnogymStatsports3 Corações