Andressa Alves agradece Marta e comemora gol em estreia da Seleção Feminina

Andressa Alves agradece Marta e comemora gol em estreia da Seleção Feminina

Das mãos da Rainha, atacante recebeu a oportunidade de bater pênalti contra a China

Brasil e China se enfrentaram pela rodada de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Andressa Alves. Brasil e China se enfrentaram pela rodada de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Andressa Alves.
Créditos: Sam Robles/CBF

De suplente a convocada. De convocada a autora de gol na estreia da Seleção Feminina. Nas últimas semanas, as coisas passaram muito rápido para Andressa Alves. Nesta quarta-feira (21), a atacante viveu mais um dia emocionante em sua carreira, com um gol na vitória do Brasil por 5 a 0 sobre a China, nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.

Na lista original anunciada pela técnica Pia Sundhage, Andressa Alves não estava no grupo que disputaria a Olimpíada. Ao lado de outras três atletas, ela formaria um quarteto de suplentes, para completar os treinos da Seleção. Semanas depois, houve uma mudança na regra da competição, que permitiu a inscrição de quatro jogadoras a mais. Pia decidiu levar as quatro suplentes e, do dia para a noite, o destino sorriu para Andressa Alves.

"Eu me preparei muito para estar aqui. Deus age de maneiras que a gente não imagina e 18 virou 22. Eu estou muito feliz", lembrou a atacantez.

No dia a dia, Andressa foi mostrando seu valor, a ponto de ser a primeira jogadora a ser acionada por Pia Sundhage durante a estreia da Seleção Feminina na Olimpíada. Em campo durante boa parte do segundo tempo, quando o jogo já estava 3 a 0, Andressa Alves sofreu pênalti.

As penalidades geralmente são cobradas por Marta na Seleção e a capitã tinha motivos de sobra para querer bater. Afinal, poderia chegar a 13 gols na história das Olimpíadas, aproximando-se ainda mais da artilharia absoluta da competição. Mas, em um gesto de humildade e de trabalho em equipe, Marta autorizou a cobrança de Andressa Alves.

"A Marta me deu a oportunidade de bater o pênalti, esse gol é graças a ela”, agradeceu Andressa Alves.

A camisa 10 também falou sobre o momento em que decidiu abrir mão da cobrança de pênalti para dar a bola a Andressa Alves:

"Aqui não tem vaidade, tem uma equipe que vai trabalhar em conjunto, do início ao fim. Agora a gente pode contar com ela e as outras meninas, e eu fiquei muito feliz que ela entrou e fez o gol. Começamos com o pé direito. Vamos que vamos".

Depois de golear a China por 5 a 0, a Seleção Feminina volta a campo no próximo sábado (24), para o duelo contra a Holanda, pela segunda rodada do Grupo F do futebol nos Jogos Olímpicos.

PATROCINADORES

Sel Feminina Patrocinador - Notícias Nike Guaraná Antártica VIVO ITAÜ Neoenergia Mastercard GOL CIMED SEMP TCL FIAT Pague Menos BitCi 3 Corações Techno Gym Stat Sports Kinan Alytics Globus