CBF prepara projeto de apoio pedagógico nas seleções de base

CBF prepara projeto de apoio pedagógico nas seleções de base

Objetivo da iniciativa é garantir o acompanhamento escolar e educacional dos atletas das categorias de base da Seleção Brasileira nos períodos de convocação

CBF prepara projeto de apoio pedagógico nas seleções de base

Créditos: Bruno Pacheco/CBF

Nos últimos anos, a Confederação Brasileira de Futebol tem se destacado entre as entidades esportivas por adotar práticas modernas de transparência e governança, e por também promover iniciativas efetivas no campo da responsabilidade social. Entusiasta destas ações, o atual presidente Rogério Caboclo segue incentivando a continuidade dos projetos já existentes e a idealização de novos. Dando sequência a essa diretriz, mais um plano na área social está em pleno desenvolvimento dentro da CBF.

Com o objetivo de garantir o acompanhamento escolar e educacional dos atletas convocados para as categorias de base da Seleção Brasileira, um projeto integrado de apoio pedagógico está sendo elaborado para fazer parte da rotina das delegações.  

Em reunião realizada na Granja Comary nesta quinta-feira (25), o coordenador de base da CBF, Branco, recebeu um grupos de profissionais da pedagogia de clubes brasileiros para trocar ideias e formatar o modelo a ser implementado pela CBF, em sintonia e alinhamento com as experiências vividas dentro das estruturas dos clubes.

– A CBF entende que é muito importante formar cidadãos em primeiro lugar. A gente sabe que muitos destes meninos não conseguirão se firmar como atletas profissionais. Eles precisam estar preparados para esse cenário – afirmou Branco.

O encontro reuniu as pedagogas Izabela Cristina (Atlético Mineiro), Andreia Pozzan (Juventude), Monique Sena (Flamengo), Millena Pinheiro (Bahia), Poliana Tomaz (Ponte Preta) e Eliane Paim. Além das profissionais da área, estiveram presentes Diogo Netto, gerente de Responsabilidade Social da CBF; Lara Furtado, Desenvolvimento de Projetos da CBF, e o gerente da base do Flamengo, Eduardo Freeland.

– Temos como missão fortalecer os vínculos, trabalhar o lado humano, proporcionar abertura de diálogo, auxiliar os meninos a lidarem com as pressões – destacou Izabela Costa, pedagoga do Atlético Mineiro. 

Izabela e as outras profissionais passaram dois dias na Granja Comary para conhecer a estrutura do centro de treinamento e interagir com as comissões técnicas das seleções Sub-15 e Sub-17, com o objetivo de entender as rotinas quando os meninos estão em período de convocação. 

Todo o projeto desenvolvido e debatido no encontro desta semana será detalhado em setembro na Brasil Futebol Expo, em São Paulo, quando estarão reunidos profissionais da pedagogia e da assistência social de diversos clubes das Séries A e B do futebol brasileiro. 

PATROCINADORES

Seleção Brasileira