Carlos Amadeu molda Sub-20 para enfrentar o México

Técnico Carlos Amadeu realizou a primeira atividade em solo manauara como todos os convocados à disposição. Trabalho foi de muita orientação e intensidade

Seleção fez treino movimentado nesta segunda (19) em Manaus

Créditos: Mauro Neto / Sejel Amazonas

Com todos os 22 convocados à disposição, o técnico da Seleção Brasileira Sub-20, Carlos Amadeu, comandou treinamento no fim da tarde desta segunda-feira (19), no Estádio da Colina, em Manaus. Os últimos atletas chegaram à concentração na madrugada e na parte da manhã. Foram eles o zagueiro Matheus Thuller, do Flamengo, o meia-atacante Mauro Junior, do PSV, e o meio campista Jhony Lucas, do Paraná. Em campo, muita movimentação em atividade onde o treinador começou a dar pistas da equipe que pode começar o jogo contra os mexicanos.

Na primeira parte dos trabalhos, Carlos Amadeu dividiu o grupo em dois e promoveu um treinamento de bolas paradas com foco no posicionamento defensivo e na saída de bola. Sempre orientando os meninos e parando para dar instruções. Na segunda parte, com o campo reduzido, a Seleção Sub-20 trabalhou situações de jogo com dois times. Amadeu montou uma das equipes com Emerson, Matheus Thuller, Vitão e Guedes na linha de defesa; Victor Bobsin, Augusto, Alanzinho, Igor Gomes, Richard e Mauro Junior nas articulações de meio para o ataque. 

Assim como no segundo dia de treino, os jogadores fecharam a atividade com cobranças de pênaltis. Luan Pereira e Jhony Lucas fizeram uma corrida leve ao redor do campo. 

– Trabalhamos bem hoje. Foi tranquilo. Estamos só nos adaptando ao calor. Vamos fazer de tudo para vencer o jogo. É muito bom estar de volta à Seleção Brasileira – disse Mauro Junior, do PSV Eindhoven, um dos dois convocados que joga fora do país. O outro é Augusto, do Real Madrid. 

Nesta terça-feira (20), a Seleção volta a campo para mais atividades a partir das 17h (horário local*), no Estádio da Colina. O trabalho é aberto para a imprensa e jogadores falam com os jornalistas antes das atividades, em coletiva. O Brasil encara a Seleção do México nos dias 22 (jogo treino fechado) e 25 de março na Arena da Amazônia. 

Ingressos:

Os torcedores de Manaus já poderão comprar ingressos em pontos físicos a partir desta terça-feira. O primeiro lugar a disponibilizar as entradas será na Arena Poliesportiva Amadeu Teixeira. Os ingressos continuam à venda no site www.cbf.com.br. O Brasil enfrenta o México às 18h (Horário Local) do dia 25 de março (domingo), na Arena da Amazônia, e os torcedores podem garantir presença no estádio comprando entradas a partir de R$ 20.

O pagamento dos bilhetes, na compra pela internet, deve ser feito com cartão de crédito Visa, Mastercard, Dinners, American Express, Hipercard, Aura ou Brasilcard. Confira os setores e preços disponíveis.

Cadeira Superior: R$ 40 (inteira) / R$ 20 (meia)
Cadeira Inferior: R$ 60 (inteira) / R$ 30 (meia)
Cadeira VIP: R$ 100 (inteira) / R$ 50 (meia)
Camarotes: R$ 150 por pessoa (venda somente do camarote fechado). Espaço privado com alimentos e bebidas incluídos (exceto bebidas alcoólicas)

As vendas físicas se estendem no dia 21 (quarta-feira) para outros pontos da cidade de Manaus. A venda vai até as 14h do dia 25 de março.

Estádio Municipal Carlos Zamith: Alameda Cosme Ferreira – Aleixo, Manaus (AM)
Segunda a domingo: 10h às 18h
Forma de Pagamento: Dinheiro, Cartões de Débito (Visa Electron e Maestro) e Cartões de Crédito (Mastercard e Visa)

Estádio da Colina: Rua Presidente Dutra, 183 – São Raimundo, Manaus (AM)
Segunda a domingo: 10h às 18h
Forma de Pagamento: Dinheiro, Cartões de Débito (Visa Electron e Maestro) e Cartões de Crédito (Mastercard e Visa)

Loja Kopenhagen: Manauara Shopping, Avenida Mário Ypiranga, 1300 – Santo Antônio, Manaus (AM)
Segunda a domingo: 10h às 18h
Forma de Pagamento: Dinheiro, Cartões de Débito (Visa Electron e Maestro) e Cartões de Crédito (Mastercard e Visa)

*Manaus tem fuso horário de uma hora a menos em relação ao horário oficial de Brasília.

PATROCINADORES

Seleção Brasileira