Seleção Olímpica goleia com futebol ofensivo

Seleção Olímpica goleia com futebol ofensivo

Equipe controla o jogo do começo ao fim e atropela República Dominicana por 6 a 0 na Arena da Amazônia

Seleção Olímpica goleia com futebol ofensivo

Seleção Olímpica goleia com futebol ofensivo

Créditos: CBF

O trabalho do técnico Rogério Micale de fazer a Seleção Olímpica jogar com linhas altas, de forma compacta e no campo do adversário deu resultado na noite desta sexta-feira (9), na Arena da Amazônia, em Manaus (AM). Com várias opções no ataque, o Brasil goleou a República Dominicana por 6 a 0, com gols de Gabriel Jesus, Maicon, Luan, Valdívia, Fred e Gabriel.

Os treinamentos da Seleção Olímpica começaram na terça-feira (6), mas o entrosamento mostrado em campo era o de uma equipe que joga junto há muito tempo. Desde o primeiro minuto do jogo, o Brasil levou perigo ao gol adversário com jogadas individuais, rápidas trocas de passes e penetrações dos laterais e volantes. Um dos destaques da partida, Gabriel Jesus abriu o placar aos 12 minutos, com um gol de extrema categoria. Ele invadiu a área pela esquerda e deu um tapa certeiro no cantinho. Aos 20, o lateral-direito Maicon, que jogou improvisado na esquerda, foi lançado por Dória e tocou entre as pernas do goleiro para ampliar. No lance seguinte, em uma jogada que passou por quase todos os setores da equipe, João Pedro cruzou da direita e Luan marcou o terceiro.

O Brasil tirou um pouco o pé no começo do segundo tempo, mas, ainda assim, manteve o domínio do jogo. Depois das substituições, o time voltou a ser mais incisivo. Dos pés de uma dupla que tinha acabado de entrar saiu o quarto gol. Vitinho partiu para cima da defesa e tocou na área para Valdívia, que dominou e bateu no canto. Na reta final do jogo, Fred deixou o seu em uma bomba de fora da área. Nos acréscimos, Gabriel saiu livre na cara do goleiro e tocou por cobertura. Seis gols originados de jogadas distintas, confirmando o vasto repertório ofensivo que o Brasil apresentou no jogo.

A Seleção Olímpica terá mais um desafio na Arena da Amazônia em sua preparação para as Olimpíadas de 2016. Na segunda-feira (12), às 19h, o time enfrenta o Haiti.

Brasil: Ederson, João Pedro, Rodrigo Ely (Lucão), Dória (Marlon) e Maicon (Rodrigo Caio); Lucas Silva (Walace), Fred e Felipe Anderson (Valdívia); Kenedy (Gabriel), Luan (Vinícius Araújo) e Gabriel Jesus (Vitinho).

PATROCINADORES

Seleção Brasileira