Fisiologista da CBF, Sandro Graham visita base de clubes em Goiás

Fisiologista da CBF, Sandro Graham visita base de clubes em Goiás

Profissional da área científica das Seleções Brasileiras de base compartilha com clubes métodos e processos adotados em períodos de convocação. Objetivo é facilitar troca de informações sobre atletas selecionáveis

Fisiologista das Seleções da base, Sandro Graham, realiza visitas aos clubes Fisiologista das Seleções da base, Sandro Graham, realiza visitas aos clubes
Créditos: Rosiron Rodrigues/Goiás E C

Ter um atleta convocado para as seleções brasileiras de base é o desejo de todo clube formador. É um carimbo que atesta o nível da estrutura oferecida e do trabalho realizado no processo de formação de jogadores. O departamento de base da CBF adota iniciativas para aproximar cada vez mais os clubes da Seleção Brasileira. Visitas institucionais de profissionais do corpo técnico e científico são algumas dessas medidas com o objetivo de compartilhar experiências e ajustar necessidades.

Nesta semana, o fisiologista da CBF Sandro Graham visitou as estruturas de categorias de base de três clubes em Goiás: Atlético Clube Goianiense, Goiás Esporte Clube e Vila Nova Futebol Clube. Além de conhecer as instalações e equipamentos disponíveis, o profissional apresentou toda a metodologia adotada pelas comissões técnicas da Seleção Brasileira nos períodos de convocação. 

"Nossa missão é estreitar a relação com os clubes. Estamos conhecendo as estruturas e entendendo como funciona a dinâmica de trabalho dos profissionais. Manter um contato, principalmente, entre os departamentos científicos, em relação à fisiologia e os métodos de treinamento físico. É muito importante que estejamos todos na mesma página quanto aos recursos e tecnologias. Quando um atleta é convocado, por exemplo, temos a necessidade de que todas as informações sobre ele transitem de forma rápida, assim podemos ajustar nossos trabalhos nos períodos de convocação, assim como entregá-los de volta com todas suas informações de performance com a Seleção detalhadas", explica Sandro. 

As visitas institucionais são constantes no departamento de base da CBF e realizadas por observadores técnicos, treinadores, analistas de desempenho, supervisores e profissionais da área médica e científica. Outra medida implementada foi o convite aos coordenadores de base dos clubes a participarem de períodos de convocação.  

Em suas palestras, Sandro utiliza o case da Seleção Brasileira Sub-17, campeã do mundo em 2019, no Brasil, para apresentar os procedimentos da sua área dentro da estrutura de seleções da CBF. 

Rafael Barreto, coordenador técnico da base do Goiás Esporte Clube, acredita que essa troca de conhecimentos facilitará na padronização de processos e, consequentemente, possibilitar ao clube ver mais jogadores vestindo a Amarelinha no futuro: "A CBF conhece a qualidade da nossa estrutura física e a qualificação dos nossos profissionais envolvidos no trabalho de formação. Além disso, o intercâmbio entre os profissionais e a troca de informações servirão para alinhar o nosso trabalho com o que vem sendo feito na CBF, colocando os atletas do clube no radar da seleção brasileira”.

Fisiologista das Seleções da base, Sandro Graham, realiza visitas aos clubes Fisiologista das Seleções da base, Sandro Graham, realiza visitas aos clubes
Créditos: Divulgação ACG

O fisiologista da Seleção mantém uma agenda de visitas intensa entre os períodos de convocação. Além dos clubes goianos, Graham já esteve em Flamengo, Vasco, Fluminense, Botafogo, São Paulo, Corinthians e Palmeiras. 

"É um trabalho que não para. Queremos visitar o máximo de clubes possíveis e pulverizar as informações. Conhecer e nos aproximar dos profissionais com quem, muitas vezes, falamos apenas por telefone ou troca de emails. Quem ganha é o futebol brasileiro", comenta Graham.  

Fisiologista das Seleções da base, Sandro Graham, realiza visitas aos clubes Fisiologista das Seleções da base, Sandro Graham, realiza visitas aos clubes
Créditos: Divulgação Botafogo Futebol e Regatas

PATROCINADORES

Seleção Brasileira NIKE GUARANÁ ANTÁRTICA VIVO ITAÚ MASTERCARD GOL CIMED SEMP TCL FIAT PAGUE MENOS 3 CORAÇÕES TECHNOGYM STAT SPORTS