Auxiliar da Seleção Olímpica, Paulo Victor retoma comando da Seleção Sub-17 e exalta integração entre comissões na CBF

Auxiliar da Seleção Olímpica, Paulo Victor retoma comando da Seleção Sub-17 e exalta integração entre comissões na CBF

Auxiliar de Jardine na Olímpica, Paulo Victor Gomes volta com currículo atualizado ao trabalho com a Seleção Sub-17. Geração de atletas nascida em 2004 pode fazer parte do próximo ciclo olímpico

Treino da Seleção Sub-17 na Granja Comary. Paulo Victor Treino da Seleção Sub-17 na Granja Comary. Paulo Victor
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

Campeão Olímpico como auxiliar-técnico de André Jardine em Tóquio, o treinador Paulo Victor Gomes está de volta ao comando da Seleção Brasileira Sub-17. Voltou do Japão com o currículo atualizado e uma responsabilidade a mais na bagagem: também preparar a geração de atletas para o próximo ciclo olímpico. Jogadores nascidos em 2004 já podem fazer parte do grupo para Paris 2024, a exemplo dos caçulas Reinier e Martinelli na última Olimpíada. 

“Essa integração (entre as comissões) é fantástica. Tenho quatro anos e meio aqui na CBF e tive a oportunidade e o prazer de trabalhar em todas as categorias, seja como treinador ou auxiliar. Fiz todo o ciclo olímpico desde 2019, no seu início em Toulon, e terminamos no mês passado, com a felicidade de conquistar o bicampeonato olímpico, em Tóquio. Foi um aprendizado muito grande lidar com o mais alto nível do nosso futebol e, com certeza, isso agrega na minha formação profissional e pessoal. Também trago essa bagagem para os meninos aqui, para que possamos fazê-los sonhar e, principalmente, executar da melhor forma dentro de campo, para continuarem crescendo dentro da Seleção Brasileira”, disse Paulo Victor.

Em 2020, o treinador deixou o comando da Seleção Sub-15, na qual estava à frente desde 2017, para seguir acompanhando a geração, campeã sul-americana em 2019, na categoria acima. Um dos principais benefícios dessa integração entre as comissões técnicas da Seleção Brasileira é a possibilidade de se criar uma conexão de ideias de jogo, formando uma unificação de filosofias e estilo. Assim, os atletas passam por todas as categorias com uma base sólida e o grupo fica mais forte coletivamente.

Além das comissões técnicas da CBF, Paulo Victor exaltou o trabalho dos clubes e treinadores do Brasil para que os jogadores evoluam cada vez mais, e encerrou falando sobre a importância do compromisso e responsabilidade para alcançar os objetivos.

“É um prazer e sempre muito bom estar aqui na Casa do Futebol Brasileiro, trabalhando com atletas de alto nível. É trazer um pouco dessa experiência e continuar aprendendo com os atletas. Acho importante ressaltar o trabalho dos clubes e treinadores de todo o Brasil porque, cada vez que esses atletas chegam aqui, estão em um nível superior, e isso é o trabalho dos clubes. A gente apenas representa-os da melhor forma possível, com bastante responsabilidade, entrega e compromisso. Dando o nosso melhor para que alcancemos os nossos objetivos, seja em jogos amistosos ou em competições”, ressaltou Paulo Victor.

Apresentação da seleção olímpica em São Paulo - 01-07-2021. Paulo Victor e Jardine Paulo Victor Gomes e André Jardine na preparação da Seleção Olímpica para os Jogos de Tóquio
Créditos: Divulgação / CBF

Paulo Victor Gomes e a Seleção Brasileira Sub-17 embarcam para o Paraguai na madrugada desta terça-feira (31) para a disputa de dois jogos preparatórios já de olho na rodada de competições importantes da base em 2023. O primeiro duelo contra os paraguaios será no dia 2 de setembro (quinta-feira), às 10h, no Estádio Arsenio Erico, do Club Nacional. O segundo acontecerá no dia 5 de setembro (domingo), também às 10h, no Estádio Manuel Ferreira, do Club Olímpia.

 

PATROCINADORES

Seleção Brasileira nike guarana antarctica vivo itau mastercard voe gol bitci free fire kwai grupo cimed fiat pague menos semp tcl cafe 3 corações techno gym stats ports kin analytics globus brasil