Kauã defende dois pênaltis na estreia pela Seleção Brasileira Sub-18

Kauã defende dois pênaltis na estreia pela Seleção Brasileira Sub-18

Na goleada por 7 a 1 sobre o Retrô F.C, goleiro do Flamengo mostra frieza para defender dois pênaltis em 15 minutos de partida e ajudar a equipe no início promissor

Seleção Brasileira Sub-18 disputa jogo-treino com a equipe sub-20 do Retrô FC em Recife Seleção Brasileira Sub-18 disputa jogo-treino com a equipe sub-20 do Retrô FC em Recife
Créditos: Caio Falcão/CBF

Seleção Brasileira é o lugar para os melhores. E dos melhores se espera sempre o diferente, algo fora do comum. Foi assim com o goleiro Kauã, do Flamengo, na vitória da Seleção Brasileira Sub-18 sobre o Retrô F.C. na última sexta-feira (6), no encerramento do período de preparação no Recife. 

Em um jogo que terminou em goleada do Brasil por 7 a 1 se engana quem acha que o goleiro brasileiro não teve trabalho. Convocado pela primeira vez, Kauã começou o jogo preparatório como titular e aproveitou a oportunidade. Ele defendeu dois pênaltis no primeiro tempo, um em cada lado e garantiu a hegemonia do time sobre o adversário nos primeiros minutos da partida.

Quando o jogo estava 2 a 0 para o Brasil, o Retrô F.C. teve o primeiro pênalti a seu favor. Mas lá estava Kauã para pegar o chute à direita. Após o terceiro gol do Brasil, marcado por Matheus Martins, a equipe pernambucana sofreu outro pênalti a favor. O camisa 1 pegou mais uma, dessa vez em chute à sua esquerda. 

 

"Nunca tinha acontecido (defender dois pênaltis no mesmo jogo). Eu sempre trabalho isso. Ajudar o time quando mais precisar. Aqui na Seleção estão os melhores. Tive a minha oportunidade e fui feliz em conseguir fazer as duas defesas", comemorou o jogador.

O grupo convocado para esta etapa de observação se reuniu no Recife por 10 dias e foi composto por jogadores nascidos em 2003, destaques na temporada 2020 da base e nas equipes profissionais de seus times.

Seleção Brasileira Sub-18 disputa jogo-treino com a equipe sub-20 do Retrô FC em Recife Kauã, goleiro defendeu dois pênaltis em quinze minutos de jogo
Créditos: Caio Falcão/CBF

 

PATROCINADORES

Seleção Brasileira Nike Guaraná Antártica VIVO Itaú Mastercard Voe GOL CIMED Semp TCL FIAT Pague Menos Café 3 Corações Techno Gym Stat Sports Kin Analytics