Bruno Guimarães e os primeiros dias como jogador de Seleção Brasileira

Bruno Guimarães e os primeiros dias como jogador de Seleção Brasileira

Meio-campista passa pelo trote dos companheiros no Recife e começa a se entrosar com a tática da Olímpica

Brasil trabalhou no Estádio dos Aflitos para enfrentar a Venezuela às 21h30 desta quinta-feira (10). Jardine e Bruno Guimarães

Créditos: Fernando Torres / CBF

De 2018 pra cá, Bruno Guimarães saltou de jogador desconhecido pela maioria dos torcedores para multicampeão convocado para a Seleção Brasileira Olímpica. Integrado ao grupo que está em Recife (PE) para treinos e partidas contra Venezuela e Japão, ele passou pelo tradicional trote, na noite desta terça-feira (9), e deu sua primeira entrevista como atleta selecionado para representar o País do Futebol.

Na concentração brasileira, em Cabo de Santo Agostinho (PE), Bruno tirou o tênis, subiu na cadeira e encerrou o jantar respondendo a perguntas e reagindo às brincadeiras dos companheiros de time, além de cantar o Hino Nacional ao lado de Maurício Klein, chef de cozinha da delegação. Já no Estádio dos Aflitos, foi escalado para a coletiva e conversou com os jornalistas.

– Sempre sonhei com o dia em que vestiria a camisa da Seleção e foi uma felicidade enorme receber a convocação para a Olímpica, que vai lutar pela vaga e mais uma medalha de ouro. O grupo me recebeu muito bem. Estou chegando, me adaptando ao sistema do Jardine [André Jardine, treinador da Seleção Olímpica] e buscando a minha oportunidade – disse o meio-campista.

Carioca de 21 anos, Guimarães ajudou a conquistar, em duas temporadas, três títulos inéditos para o Athletico: Copa Sul-Americana 2018, Copa Suruba 2019 e Copa do Brasil 2019. Ídolo em Curitiba (PR), despertou a atenção das comissões técnicas das seleções Principal e Sub-23 (Olímpica). Chamado para este ciclo de outubro, está aproveitando os dias em Pernambuco para deixar boa impressão e abrir novas chances.

– A maneira de jogar da Olímpica me ajuda demais porque privilegia a posse da bola, troca de passes e velocidade nos contra-ataques. Jardine conversou comigo e deixou claro que nós fazemos a nossa própria história dentro da Seleção. Se eu merecer, vou entrar e mostrar que mereço voltar – destacou.

Ingressos à venda

A Seleção Brasileira Olímpica está em Recife para treinamentos e dois jogos, nesta Data FIFA: Venezuela às 21h30 desta quinta-feira (10) e Japão às 16h da próxima segunda-feira (14). Os ingressos estão à venda no site Futebol Card e nos pontos físicos (confira a lista).

PATROCINADORES

Seleção Brasileira